Connect with us

Pensar Verde

COVID nas férias

Temos que manter os cuidados quando frequentarmos locais públicos aonde temos a presença de outras pessoas

Publicado

em

Como as questões ambientais estão intimamente ligadas às questões de saúde pública, vamos falar um pouco sobre o uso de áreas verdes ou praias durante a pandemia. Existem diversos estudos que incluem estas áreas na listagem de alternativas para diminuirmos o stress do dia a dia e na recuperação de doenças. Com medidas mais atenuadas de controle da população para diminuirmos a transmissão do vírus, a população tem saído mais de casa quebrando o isolamento. Temos que destacar de antemão que ainda não temos, até este momento, vacinação de toda a população em nosso país. Com isso temos que manter os cuidados quando frequentarmos locais públicos aonde temos a presença de outras pessoas. 

Nos parques com suas ciclovias e pistas de caminhada, devemos manter o distanciamento social e uso de máscara. Alguns municípios inclusive editaram algumas leis sobre o assunto. O indivíduo, gostando ou não, tem o dever quanto ao cumprimento das disposições legais. Piqueniques e churrascos devem ser proibidos a fim de não termos aglomerações. A realização de atividades físicas não estão proibidas, porém existem medidas de saúde que não podem ser abandonadas tendo como justificativa um desconforte em cumpri-las. 

Nas praias temos as mesmas situações dos parques. Como o agravante de não conseguirmos utilizar máscaras durante o banho de mar, temos que ter muito cuidado e atenção com o distanciamento social. Ao retornarmos para a areia, mesmo com todo o calor que possa estar o uso da máscara é obrigatório. 

Não é momento de descuido ainda mais com a análise dos números da doença no Brasil. O sistema de saúde ainda possui dificuldade em atender todos os infectados e neste momento cabe muito mais a população do que o governo de redobrar os cuidados que possam diminuir a transmissão do vírus. 

Leia também: A Grande Reserva Mata Atlântica II