Connect with us

Educação com Ciência

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”

Ler, escutar, assistir vídeos e escrever são algumas das formas de adquirir e fixar o conhecimento.

Publicado

em

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”.

(Cora Coralina)

Ler, escutar, assistir vídeos e escrever são algumas das formas de adquirir e fixar o conhecimento. Mas, você já deve ter ouvido falar, que a melhor forma de aprender é ensinando!

William Glasser, psiquiatra norte americano, formatou a Pirâmide da Aprendizagem, a fim de representar, de maneira hierárquica, a capacidade de retenção de uma informação no cérebro. Observe:

É claro que devemos levar em consideração as particularidades do processo de ensino e aprendizagem. Cada aprendiz é único diante da aquisição do conhecimento, pois ela se sustenta nas vivências individuais e na capacidade intelectual de cada um.

É importante reconhecer que há duas formas distintas de aprendizagem. A aprendizagem ativa, decorrida de ações efetivas para a aquisição e consolidação das informações e a aprendizagem passiva, a qual é ensinada pelo outro. É nesta complexidade, em aprender e ensinar o outro, que a profissão professor se estabelece.

Ser professor nos permite aprender ensinando, buscando diariamente o aperfeiçoamento didático e novos conhecimentos, a fim de melhorar o outro. E, na busca de ensinar o outro, aprendemos a ser melhores. Não apenas melhores profissionais, mas, melhores pessoas, pois a educação tem o poder da transformação.  

Engana-se o professor que pensa que já sabe de tudo. Diplomas e cursos não predizem o final da aprendizagem, mas o caminho de uma grande e constante busca. Nas palavras de Epicleto e Esopo, respectivamente:

·                    É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe.  

·                    Ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar.

Continuar lendo