Connect with us

Cultuando

O Artesanato em tempos de crise

Nesses tempos de Pandemia, com diversas ações restritivas de circulação, novas formas de comercialização estão sendo criadas e utilizadas.

Publicado

em

Arte Pensante

“Se uma pessoa comum observar uma obra de arte e não se emocionar, não podemos dizer que a Arte cumpriu o seu papel.”  Mokite Okada

Nesses tempos de Pandemia, com diversas ações restritivas de circulação, novas formas de comercialização estão sendo criadas e utilizadas. Faço parte de um Grupo de Artesãos e percebo as dificuldades de muitos deles em se adaptar a essa nova situação e outros buscando participar como meio de sobrevivência. Pesquisando sobre, achei um texto no Blog da Hörlle que acho pertinente reproduzir.

“O artesanato é uma forma de arte que agrada a todos. Ele traz diversos benefícios tanto para a mente quanto para o corpo. Mas além de ser uma prática extremamente saudável pode se tornar também uma renda a mais em casa sendo uma fonte de renda extra em tempos de crise.

O artesanato nunca sai de moda, transforma os sonhos em arte, muda comportamentos e temperamentos, supera o preconceito, a discriminação, a violência, as drogas e a falta de oportunidades. Com o artesanato, aumenta-se o respeito e o valor às pequenas coisas, desperta-se o amor pelo fazer e a alegria das descobertas. O artesanato atinge realidades diferentes. Seja negro, branco ou pardo, pobre ou rico, jovem ou idoso. Por meio do artesanato é possível fazer aquilo que dá prazer, se identificando com a arte e depositando muito amor e zelo sobre a criação, e dessa forma se atinge a realização pessoal.

Trabalhando com o artesanato de forma responsável, com sabedoria e dedicação é possível gerar sua própria fonte de renda e tomar para si o seu próprio destino. Com atitude, você chega a qualquer lugar, bastando apenas traçar os objetivos de vida e fazer arte com as mãos. Nessa hora, os sonhos se tornam exemplos de superação. Pintar, costurar, bordar, confeccionar bolsas; tapetes; toalhas; cestas; vasos; balaios; luminárias; há uma infinidade de coisas possíveis de se criar quando a ideia é fazer do artesanato uma fonte de renda. A arte delicada, colorida, feita com técnicas específicas, muita paciência e habilidades manuais, gera ao artesão inúmeros elogios, trabalho contínuo e a satisfação de ver o seu próprio futuro sendo construído de forma saudável.

Com o artesanato é possível transformar e a cada novo trabalho, um novo aprendizado, lições que permanecem para a vida toda. Pode se dizer; que no artesanato o trabalho e a terapia andam juntos, de mãos dadas – é a arte do aprender, fazendo! Por meio dessa arte a pessoa tem uma formação profissional e com a qualificação, consegue a inclusão no mercado de trabalho e a possibilidade de realizar sonhos!” por Blog da Hörlle

O artesão deve agregar valor ao seu trabalho, vendo o resultado como um “Produto” que pode e deve ser valorizado!