Connect with us

Crônicas

Vai passar

“Vai passar”. Este foi o ano (acredito) que mais ouvimos essa frase. Duas palavras carregadas de esperança na intenção de sugerir algum alívio em um período pesadíssimo

Publicado

em

Ao casal da praça

“Vai passar”. Este foi o ano (acredito) que mais ouvimos essa frase. Duas palavras carregadas de esperança na intenção de sugerir algum alívio em um período pesadíssimo.

Trata-se de uma locução verbal, muitas vezes, pronunciada por pessoas que querem demonstrar uma boa intenção. 

No caso de você estar com o coração despedaçado porque aquele malandro do ex-namorado, por quem ainda nutre um amor não recíproco, arranjou outra. Vai passar. 

Bateu com o cotovelo em alguma quina de porta e está sentindo uma dor insuportável? Vai passar. 

IPTU está atrasado, precisa consertar o chuveiro e o dente começou a latejar? Tudo vai passar. 

O vizinho do andar de cima resolveu iniciar uma obra e, desde então, você não sabe mais o que significa silêncio? Vai passar.

Férias batendo à porta com trinta dias sorrindo para você, quando poderá, finalmente, preenchê-los como bem entender? Que maravilha! Só que também vão passar. 

Quinze dias com sol escaldante e sem cair uma gota d’água do céu? Vão passar.

Amanheceu chovendo a cântaros? Vai passar. 

Vírus que ceifa milhares de vidas e bagunça o mundo todo. Vai passar. 

“Vai passar” é aquela frase dita para amenizar um incômodo. Não sei se, realmente, serve para alguma coisa. Mas cabe para preencher um silêncio embaraçoso, para tentar oferecer um alento em um período de desassossego ou em uma aflição. Dessa forma, acabamos nos agarrando a ela como forma de aplacar aquilo que nos aflige e golpeia.

Não deixa de ser um atenuante. Mas quer saber? Passa, sim. Até pode demorar mais do que gostaríamos ou fugir da nossa expectativa. Geralmente, porque a nossa ansiedade costuma querer atropelar o tempo, e relutamos em compreender que para tudo há uma razão de ser.

Passa porque a vida é dinâmica demais para permitir o igual, o permanente, o “pra sempre”. Em algum momento, o prazo de validade esgota e os bons e os maus momentos dão o seu adeus.

Portanto, acalme essa alma aflita. Seja lá o que esteja vivendo, vai passar. 

Leia também: O dia seguinte

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.