Connect with us

Crônicas

O dia seguinte

Paz costuma ser tudo que não se tem depois de um rompimento

Publicado

em

dia

Por: Kátia Muniz

Vocês dois discutem. Palavras jorram aleatoriamente, ofensas, más interpretações, acusações, mágoas, tudo vem se apresentar no palco da discórdia. 

Nesse momento, não raciocinam direito e não medem as consequências dos atos. Prevalece a atuação como num ringue, disputando para ver quem tem razão. Mesmo com uma das partes dizendo que está tudo acabado, nem um dos dois se atenta para o que está por vir. Seguem anestesiados. 

Ele talvez pense: “Ela vai embora? Que bom! Enfim, vou me libertar dessa mulher chata que adora pegar no meu pé. Estarei livre para curtir a solteirice da melhor maneira possível”! 

Ela talvez pense: “Ele vai embora? Que ótimo! Agora, posso tocar a minha vida em paz. Viajar, sair com as amigas, sem precisar ficar dando satisfação de cada minuto do meu dia”.

Paz costuma ser tudo que não se tem depois de um rompimento. Sabe por quê? Porque a dor nunca aparece na hora, ela só chega no dia seguinte. Geralmente, depois de uma noite mal dormida ou em claro, em que os primeiros raios da manhã fazem perceber uma dor de cabeça insuportável, seguida da sensação de que o corpo foi atropelado por um trator. 

No dia seguinte, o arrependimento se instala, os pensamentos vão se organizando de forma lenta, e os dois se dão conta da bobagem que fizeram. A memória trata de reproduzir a cena do desentendimento exaustivamente, enquanto a dor lateja, perfura e maltrata os corações combalidos.

No dia seguinte, é possível enxergar com mais clareza a profusão de erros, os impulsos que não foram controlados e os inúmeros comportamentos um tanto imaturos. 

Adotam, como estratégia, ocupar o dia com alguns afazeres, sempre fazendo de conta que tudo está em perfeita harmonia e sob controle. No mesmo instante, entregam sorrisos nada sinceros aos que cruzam seus caminhos. 

No dia seguinte, o telefone não toca, a mensagem de um bom-dia não chega, a mesa é colocada para uma pessoa, um não sabe como o outro está passando e o silêncio cumpre o papel de torturador. 

Até que a noite se apresenta e chega o momento de encarar o quarto, a cama que aparenta estar com o dobro de tamanho e a solidão de um vazio que nada parece preencher.

Acusa-se o golpe.

O dia seguinte é a prova real de que tudo poderia ter sido diferente. 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.