Connect with us

ADI Paraná

30 mil

O Paraná terá 30 mil candidatos a prefeito e a vereador

Publicado

em

O presidente do TRE, desembargador Tito Campos de Paula, adiantou em audiência sobre fake news na Assembleia Legislativa que o Paraná terá 30 mil candidatos a prefeito e a vereador nas eleições municipais de novembro.

Presidente do TRE Tito Campos de Paula (Foto Gilson Abreu)


Gralha Confere

Tito de Campos também adiantou que o Paraná tem uma central de combate à desinformação – o Gralha Confere. O número 41 98700-5100 no whatsapp vai tirar dúvidas sobre conteúdos nas redes sociais relacionados às eleições e à segurança do voto. Não são averiguadas informações sobre candidatos e partidos. Os conteúdos serão checados e divulgados no  www.gralhaconfere.tre-pr.jus.br, nas redes sociais do TRE e nas páginas de mais de 40 entidades parceiras. As informações, classificadas em “verdadeiro”, “impreciso” ou “falso” serão editadas em forma de texto, áudio, cards e vídeos explicativos de até um minuto.


Fundo eleitoral

O TSE anunciou que os diretórios nacionais de 21 dos 33 partidos políticos com registro já estão aptos a receber os recursos do fundo eleitoral. O total soma R$ 1,39 bilhão. Os partidos com a maior fatia são: MDB, PL, PSD, PSDB, PSL, PT e Republicanos.


Fundo II

O Novo, que teria direito a R$ 36,5 milhões do fundo eleitoral, e o PRTB que obteria R$ 1,2 milhão, comunicaram ao TSE que não desejam receber as verbas.


De fora

O governador Ratinho Júnior sinaliza que ficará de fora dos palanques de apoio no primeiro turno das eleições municipais. Ratinho Junior tem uma base partidária ampla na Assembleia Legislativa e o governador não quer desagradar a este ou aquele aliado. São cinco cidades que podem ter segundo turno: Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel.


Pedágio

Foi instalada na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar de Encerramento dos Contratos do Pedágio. A proposta do deputado Arilson Chiorato (PT) terá como objetivo acompanhar e fiscalizar a execução de obras, o encerramento dos atuais contratos, previsto para novembro de 2021, e a modelagem do novo programa de concessões rodoviárias.


Candidato

O Podemos lançou o engenheiro Paulo Mac Donald Ghisi a prefeito de Foz do Iguaçu.O partido tem os três senadores do Paraná (Álvaro Dias, Oriovisto Guimarães Flavio Arns). Mac Donald disse que vai trabalhar em conjunto em parceria com oS governos estadual e federal e a Itaipu Binacional. “Quero estar junto com o presidente Bolsonaro, o governador Ratinho e o General Silva e Luna para inaugurar essas obras num futuro breve”.



Agradece
O ex-prefeito agradeceu os senadores Álvaro Dias e Oriovisto Guimarães que o convidaram para ingressar no Podemos e saudou o senador Flavio Arns que passou a fazer parte da legenda. “São lideranças que sabem da importância do nosso propósito em Foz do Iguaçu, que é da eficiência no serviço público. Na educação e na saúde tornamos referência no país na época do nosso governo. Também vamos buscar na administração pública o que tiver de melhor em tecnologia para melhorar a qualidade e o atendimento aos iguaçuenses”.

Inclusão
O deputado Michele Caputo (PSDB) confirmou a inclusão de três categorias que trabalham no sistema penitenciário do Paraná na lista das exceções e que poderão receber progressões e promoções, conforme prevê a LDO. “São 511 profissionais, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas, psicólogas, assistente social, pessoal de apoio, pessoal do administrativo que também serão incluídos na lista das exceções”, afirmou.



Zona Franca

O deputado Fernando Giacobo (PL) destacou a importância da criação de uma área de livre comércio em Foz do Iguaçu. “O projeto de lei de minha autoria pretende criar uma área nos mesmos moldes fiscais, cambiais e administrativos presentes na Zona Franca de Manaus”, disse. A proposta segue aguardando parecer do relator na Comissão de Finanças e Tributação para avançar na Câmara dos Deputados.


Política diferente

O prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, decidiu que não vai disputar a reeleição em 15 de novembro. “Estou fazendo uma política diferente e durante esses três anos e nove meses, sempre afirmei que não tenho o interesse de fazer da política uma profissão que pode comprometer o trabalho realizado, e ainda a ser entregue”, disse Roveda.


Positivado
O novo presidente do STF, ministro Luiz Fux, testou positivo para covid-19. “A suspeita é de que possa ter contraído o novo coronavírus em almoço de confraternização familiar no sábado (12). O ministro seguirá os protocolos de saúde e ficará em isolamento pelos próximos 10 dias”, disse a assessoria do STF.


Efetivado

Depois de quatro meses como ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello será efetivado hoje no cargo. Pazuello assumiu interinamente o comando da pasta em 16 de maio, em meio à pandemia do novo Coronavírus no Brasil. Ele substituiu Nelson Teich que ficou um mês no cargo, tendo substituído Luiz Henrique Mandetta.


Ampliação

O Instituto Butantan vai iniciar, em novembro deste ano, obras em sua fábrica para ampliação da capacidade de produção de vacinas. A expectativa é que estejam prontas a partir de setembro do ano que vem. O local ficará inicialmente voltado para a produção da vacina contra o coronavírus, fruto de uma parceria entre o Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.


Reeleição

O fim da reeleição no Executivo volta a ser lembrado e causou no Congresso Nacional. O assunto voltou a ganhar força depois que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), admitiu ter errado ao dar aval à medida, que lhe permitiu ficar oito anos no poder.


Reeleição II

Em 2018, durante campanha à presidência, Jair Bolsonaro pediu o fim da reeleição. Com a retomado do assunto líderes de 15 dos 24 partidos representados na Câmara no Senado apoiam a solicitação. Uma PEC para proibir a recondução de presidentes, governadores e prefeitos foi apresentada na semana passada pelo deputado Alessandro Molon (RJ), líder do PSB.


Eleição segura

O Estado vai colaborar com as eleições municipais deste ano para garantir maior segurança para mesários e eleitores em meio à pandemia do Coronavírus e também vai isentar o ICMS das empresas que doarem equipamentos de proteção como máscaras, álcool em gel e face shields.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. 

Saiba mais em www.adipr.com.br.