conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Saúde alerta para importância da vacinação contra a gripe

Todas as unidades de saúde, em todos os municípios, estão aplicando as doses para a imunização contra a Influenza.

Publicado

em

Balanço sobre a cobertura vacinal contra a gripe mostra que o Estado imunizou até o momento 55,69% do público-alvo estabelecido pela Organização Mundial da Saúde. A campanha de vacinação começou no dia 10 de abril e segue até o dia 31 de maio.

 

Entre a população-alvo, os indígenas registram a maior cobertura vacinal, com 84,2%

 

Todas as unidades de saúde, em todos os municípios, estão aplicando as doses para a imunização contra a Influenza. “Nosso apelo é para que a população busque os postos para receber a vacina, que é segura e protege contra o vírus”, afirma o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Além da vacina, o Governo do Paraná disponibiliza um medicamento antiviral (Oseltamivir) para quem apresenta os sintomas da Influenza e não pertence ao público-alvo. O remédio está disponível nas unidades de saúde, mas só é entregue com receita médica. De janeiro até agora, a Farmácia do Paraná entregou o medicamento para mais de 70 mil pessoas.

BALANÇO

O balanço antecipado da Campanha de Vacinação no Paraná aponta que entre a população-alvo, os indígenas registram a maior cobertura vacinal, com 84,2%. Na sequência, estão as mulheres que tiveram bebê há menos de 45 dias, com 77,9%; os idosos com 67,7%, as gestantes com 58,2% e as crianças entre 6 meses até 5 anos com 56,4%.

O grupo prioritário abrange ainda professores, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 20 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e policiais civis e militares.

GRIPE

A gripe (Influenza) é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocada por vírus, com grande potencial de transmissão. A enfermeira da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Secretaria, Vera Rita da Maia, alerta para os sintomas. “A população deve estar atenta aos sinais, principalmente à febre alta repentina, inflamação na garganta, tosse, dor no corpo e dor de cabeça”.

Segundo ela, o vírus Influenza é responsável por elevadas taxas de hospitalização. “Se a infecção viral não for tratada, pode provocar complicações, evoluir para pneumonia e até ao óbito”, afirma.

PROTEÇÃO

A enfermeira explica ainda que a vacina aplicada nas unidades de saúde é chamada de trivalente e protege contra os principais vírus em circulação. “Quem tomou a vacina no ano passado, deve tomar novamente. A composição da vacina muda a cada ano, de acordo com os vírus circulantes, para garantir a imunização”, disse.

A Campanha Nacional de Vacinação se concentra neste período do ano porque a queda das temperaturas no outono e no inverno tende a aumentar as aglomerações de pessoas em lugares fechados e sem ventilação, facilitando a transmissão do vírus.

Ela orienta também sobre outras medidas que ajudam na prevenção da gripe, como lavar e higienizar as mãos com frequência, manter os ambientes ventilados, não compartilhar objetos de uso pessoal, cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

Fonte: AEN

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.