conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Estado investiga 40 casos suspeitos de febre amarela em Paranaguá

Imunização com a vacina contra a febre amarela chegou a cerca de 69% do público-alvo no litoral (Foto: Governo Federal/MS)

Publicado

em

Além disso, Sesa investiga quatro possíveis casos em Antonina, dois em Morretes e um em Matinhos

Na quinta-feira, 14, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou o Boletim Nº 003/2019 que apontou a suspeita de 40 casos de febre amarela que estão sendo investigados em Paranaguá. Além disso, de acordo com a Sesa, no litoral são está também sob investigação possíveis quatro possíveis casos da doença em Antonina, dois em Morretes e um em Matinhos. 

A pasta estadual de saúde confirmou também o quarto caso de febre amarela no Estado. "A pessoa infectada é de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, mas o local de infecção ainda está sob investigação", informa a assessoria. Até agora, no litoral, apenas um caso da doença foi confirrmado e foi registrado em Antonina no final de janeiro, com possível local de infecção em Guaraqueçaba. "Os outros dois são de Adrianópolis, na Região Metropolitana de Curitiba, classificados como autóctones – quando a infecção do vírus se dá na própria cidade', destaca a Sesa.

Segundo a assessoria da Sesa, o número de notificações de febre amarela passou de 38 para 115 em todo o Estado nesta quinta-feira, 14, entretanto 43 foram descartados e outros 68 estão sob investigação."Com essas ocorrências registradas desde o início do ano, todos os municípios do Paraná estão com indicação de vacinação, a única forma de prevenção da doença. A recomendação é que todas as pessoas entre 9 meses e 59 anos tomem a vacina, que só começa a fazer efeito dez dias depois da aplicação", informa o Estado.

IMUNIZAÇÃO CHEGA A 69% DO PÚBLICO-ALVO NO LITORAL

Segundo o boletim epidemiológico, a cobertura vacinal do público-alvo da vacinação contra a febre amarela nos sete municípios litorâneos chegou a 69,05%. "Estima-se que aproximadamente 5 milhões de não vacinados no Estado, dos quais 50% encontram-se nos municípios do litoral, Curitiba e Região Metropolitana", explica a nota.

"Estratégias de intensificação da vacinação seletiva vêm sendo realizada em todo o estado do Paraná, com prioridade nessas duas Regionais, bem como a busca ativa seletiva da população. O Estado orienta que pessoas nunca vacinadas contra febre amarela, procurem um serviço de saúde para atualização do seu esquema vacinal, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde/PNI", finaliza a Secretaria de Saúde.

Confira o boletim epidemiológico na íntegra pelo link: 

http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/BoletimEpidemiologico_03FA.pdf .

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.