conecte-se conosco

Cidadania

Magistrada dialoga com estudantes de Paranaguá sobre violência contra as mulheres

Ideia é conscientizar crianças e adolescentes sobre a inclusão da cultura da não-violência

Publicado

em

Acompanhada de uma equipe das secretarias municipais de Educação e Comunicação, a juíza da 1.ª Vara Criminal de Paranaguá, Dra. Cíntia Graeff, visitou escolas da rede municipal de ensino, onde conversou com alunos do 5.º ano com o objetivo de educar as crianças para que haja um futuro melhor e lares sem violência. Atualmente, o Brasil ocupa a 5.ª posição no ranking mundial de violência contra a mulher.

A proposta é levar informações sobre o assunto e as suas causas, além de conscientizar as crianças e adolescentes sobre a inclusão da cultura da não-violência. “Temos o trabalho realizado pelo Poder Judiciário de repressão à violência doméstica e punição, mas a prevenção é importante e deve acontecer desde a mais tenra idade para que a sociedade no futuro seja construída com uma outra mentalidade diferente da que temos hoje”, destaca a juíza.

Dra. Cíntia demonstrou contentamento com a forma como as crianças receberam as informações. “É interessante vermos como os alunos ficaram interessados pelo tema e como eles se sentem até chocados com os dados e repudiam a violência. Na expressão facial eles demonstram que não acham certo e justo uma sociedade tão violenta e desigual dando ensejo à violência contra a mulher”, salienta.

A pedagoga da Escola Graciela Almada Dias, Elenir Ivete Koeke, ressalta a importância do trabalho. “A conscientização que é feita é uma forma de, no futuro, visualizarmos uma diminuição desse grau de violência”, avalia.

Pedagoga da Escola Nascimento Júnior, Flávia Lima observa que a visita da juíza significa um avanço.

“É um momento muito importante de debater um assunto relevante como esse. A visita da juíza é fundamental para que essa mudança de pensamento e para que as crianças saibam que não estão sozinhas e, se precisarem de ajuda, serão acolhidas”, comenta.

A diretora da Escola Berta Elias, Patrícia Palenske, reforça a importância da parceria com a juíza Cíntia Graeff. “Ela explicou detalhadamente para as crianças a importância de estarmos atentos com relação à violência contra a mulher. Infelizmente a violência doméstica acontece em muitas casas e com esse trabalho nas escolas teremos um olhar ainda mais profundo quanto ao problema”, opina.

“Notamos que as crianças se preocupam com o problema e tiveram interesse em acompanhar o que a juíza tinha a dizer. Temos certeza de que esse trabalho terá um impacto positivo com nossos alunos”, avalia a diretora da Escola Nayá Castilho, Oneide de Lima.

Cada escola produzirá um conteúdo audiovisual de até 1min30seg com o apoio da Secom, por meio da prática da educomunicação, o que será reproduzido nas redes sociais oficiais das escolas.

Fonte: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Paranaguá.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.