Connect with us

Cidadania

Policial ajuda mãe a salvar bebê engasgada

O encontro emocionante entre a policial, o bebê e sua mãe, aconteceu na casa da família no bairro Alexandra.

Publicado

em

O atendimento seguia normal no COPOM – Centro de Operações Policiais Militares, do 9.º Batalhão, o 190, no sábado, 12, por volta das 20h, quando a soldado Renata atendeu uma ligação. Do outro lado da linha, uma mãe desesperada. A filha, uma bebê com apenas 25 dias de vida, estava com dificuldades para respirar. A criança, que tinha acabado de mamar, estava engasgada.

A policial tentou, mesmo por telefone, acalmar a mãe, mas diante do quadro, a mulher passou o telefone para o marido. Seguindo as instruções repassadas pela soldado, o homem conseguiu desafogar a criança.

Na Polícia Militar há nove anos, a soldado Renata relatou que o treinamento recebido durante a escola de formação de soldados foi fundamental para o sucesso no atendimento. “Em um primeiro momento eu tive que acalmar a mãe da criança, mas diante do quadro, a criança não estava conseguindo respirar, ela ficou desesperada e passou o telefone para o marido”, destacou a policial.

“Na sequência, eu indiquei que o pai da bebê realizasse a manobra de Heimlich, colocando a criança de bruços, deitada no seu antebraço, com a cabeça mais baixa que o resto do corpo e pressionasse as costas. Logo em seguida, instruí que ele colocasse o dedo indicador e o médio, na boca da criança, para que ela ficasse aberta. Neste momento, pelo telefone, eu consegui ouvir o choro da criança”, lembrou a soldado Renata.

Durante todo o procedimento, o outro policial que estava no COPOM acionava o Samu. Ele repassava às equipes do serviço de atendimento médico de urgência o endereço da família e o andamento da ocorrência. Como a manobra foi bem-sucedida, a equipe não precisou se deslocar até o bairro de Alexandra, onde a criança mora com os pais.

PRIMEIRA VEZ

A soldado Renata relatou que esta foi a primeira vez que passou por esse tipo de situação. “Como mãe é difícil manter a calma, diante do desespero das pessoas envolvidas na situação, mas o nosso treinamento ajuda bastante e eu consegui passar as instruções para o pai da menina que fez a manobra corretamente e a criança voltou a respirar”, explicou.

VISITA

Na tarde de terça-feira, 15, a soldado Renata foi até a casa da família, no bairro Alexandra. No encontro emocionante, ela conheceu a mãe da criança e a bebê, que passa bem. A menina tem consulta marcada com um pediatra, já que não foi a primeira vez que sofreu com refluxo. Em outra oportunidade, a menina também se engasgou após mamar, porém a mãe conseguiu fazer com que a criança voltasse a respirar.

“Fico muito feliz por ter visto esse anjinho muito bem. E principalmente saudável.É uma enorme recompensa para mim como profissional e como mãe também”, finalizou a soldado da Polícia Militar.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.