conecte-se conosco

Centro de Letras

Democracia zero

A água potável encanada fez parte da transformação urbana e deste modo, em diversos momentos enxergamos o choque entre o novo (idealizado pela burguesia) e o antigo.

Publicado

em

Na gestão de Caetano Munhoz da Rocha o projeto modernizador transformou Paranaguá, buscando deixar as características rurais para trás. Além do meio físico, seria necessário atacar diversas práticas sociais anteriormente relevadas, mas inaceitáveis dentro dos padrões burgueses de civilização.

A água potável encanada fez parte da transformação urbana e deste modo, em diversos momentos enxergamos o choque entre o novo (idealizado pela burguesia) e o antigo (o que acontecia na prática), como ocorreu com os equipamentos do sistema de distribuição.

Além do monumental chafariz francês no Campo Grande, outros mais simples foram construídos no Rocio, Porto D. Pedro II, Boulevard Serzadello e Estradinha. A prefeitura também instalou bebedouros para animais e alguns para os habitantes, como na Rua General Carneiro, na Praça Fernando Amaro e em frente à estação ferroviária. Rapidamente o jornal local passou a denunciar o mau uso dos equipamentos pelo “povinho”, algazarras com a água dos chafarizes e bebedouros, além do vandalismo.

Era início do século XX e a Democracia inexistia no Brasil, quem dirá em Paranaguá. Os governos eram autoritários e o tratamento dado à população era sempre carregado de brutalidade. Nas denúncias do jornal verificamos esta opção pelo caminho ditatorial, pois os pedidos são sempre de maior repressão, mais força policial, leis e atitudes mais rígidas, entre outras medidas antidemocráticas dignas da antiga e ultrapassada sociedade imperial.

Tudo se resolveria com aumento da violência, até mesmo quando se tratava de crianças e principalmente com adultos – ambos definidos como vagabundos. Todavia, aumentar a repressão nunca funcionou, nem aqui, nem em lugar nenhum. Inclusive, veremos em textos futuros como a criação de uma força paramilitar acabou resultando em excesso de violência contra os parnanguaras e por isso foi desativada pela prefeitura.

Por Alexandre Camargo de Sant’Ana

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.