Connect with us

Valmir Gomes

A amazônia paulista

Gente, em São Paulo tem de tudo…

Publicado

em

Gente, em São Paulo tem de tudo, a Rua 25 de Março que você compra o que quiser a hora que quiser, tem uma culinária japonesa e italiana sem igual, tem feijoada às 4 horas, tem concessionária de automóvel aberta de madrugada. Agora tem também focos de incêndio igual a nossa Amazônia. O Palmeiras incendiou o mundo da bola nesta semana. Felipão, seu técnico campeão, foi demitido; o presidente do Conselho Deliberativo, Seraphim Del Grande, pediu a saída do diretor de futebol, Alexandre Matos. Disse mais Seraphim, a saída do Felipão e a chegada do Mano Menezes são o enterro do presidente Maurício Galotte. Sem contar a torcida organizada que é contra o novo técnico. Estamos diante da Amazônia paulista, só muitas vitórias seguidas apagam este incêndio.

 

O ÍDOLO WILSON FOI EMPRESTADO

O centenário Coritiba sempre primou por grandes goleiros. Neste momento, tinha dois craques na posição. O ídolo da torcida, Wilson, e o excelente Alex Muralha. Sem mais nem menos a diretoria emprestou Wilson ao Atlético Mineiro. Das duas uma, ou a diretoria pensa que já subiu para a primeira divisão, ou confia no terceiro reserva. Gente, Wilson é ótimo goleiro, bate falta e pênalti, além da liderança e empatia com o clube e a torcida. Nesta altura da competição, jamais abriria mão do Wilson.

 

PROJETO ENVELHESER UM OLHAR PARA OS IDOSOS

A nota é curta, porém de grande utilidade. Nesta semana, o prefeito Marcelo Roque assinou contrato que garante prestação de serviços ao pessoal da melhor idade. Projeto EnvelheSer  oferece várias atividades aos idosos, bem como exames médicos, incluindo cardiograma. Um olhar do serviço público aos idosos de Paranaguá, afinal eles sedimentaram a estrada do progresso da cidade. Golaço.

 

FELIPÃO X MANO MENEZES O MESMO DNA

Volto ao assunto Palmeiras, o clube paulista manda embora o técnico Luis Felipe Scolari e contrata Mano Menezes. Espera aí, o DNA dos dois no futebol é igual, usam as mesmas estratégias táticas e conseguem títulos, vitórias e derrotas dentro da mesma filosofia. Na prática trocaram seis por meia dúzia.

 

DRA. CAROLINE E AS REDES SOCIAIS

Confesso uso alguma coisa nas redes sociais por sugestão dos meus filhos e netos. A minha moda uso o WhatsApp e Facebook, evito fatos familiares e políticos, me arrisco fazendo pequenas crônicas sobre assuntos que acho pertinente. Leio na Folha do Litoral News uma entrevista da psicóloga Caroline Chiarelli Colle sobre o ódio nas redes sociais. Diz ela "As mesmas regras sociais que aprendemos para conviver em sociedade valem também para vida on-line. Ignorem pessoas frustradas e insatisfeitas". Dra. Caroline sabe das coisas, usou palavras amenas e ensinou o caminho da cordialidade, seja na vida real ou nas redes sociais.

 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.