Connect with us

Utilidade Pública

Campanha arrecada donativos para família que perdeu tudo em incêndio

Casa ficou totalmente destruída. Incêndio aconteceu na Vila Alboit na terça-feira, 10

Publicado

em

Débora Santos precisa de roupas, alimentos, utensílios, móveis e eletrodomésticos para restabelecimento dela e dos filhos em Paranaguá

Um incêndio ocorrido no final da tarde de terça-feira, 10, destruiu totalmente a casa de uma família na Vila Alboit, em Paranaguá. O desastre fez com que Débora Santos, dona de casa, e seus dois filhos, um menino de sete e uma menina de três anos, perdessem todas as roupas, utensílios domésticos, eletrodomésticos, móveis e até mesmo parte dos documentos. Imediatamente, ela, familiares e amigos fizeram uma campanha para arrecadar doações em prol do restabelecimento da família parnanguara, algo que foi feito nas redes sociais e já está surtindo efeito positivo, com recebimento de donativos, móveis e outros utensílios, no entanto há a necessidade de ainda mais doações para a família, a qual já está morando em uma casa há cerca de três quadras do local do incêndio.

Segundo Débora, na terça-feira, 10, dia do incêndio, ela ficou durante a tarde lavando roupas na casa da vizinha, visto que estava sem máquina de lavar, após ter desligado tudo, desde botijão de gás, até eletrodomésticos da tomada, visto que ela já estava em processo de mudança da casa antiga para uma residência onde ela está hoje. De acordo com ela, uma vizinha estaria com sua filha pequena e outra amiga a ajudou, buscando seu filho na escola, enquanto ela estava próxima à residência.

Quando a dona de casa ia voltar para o seu lar junto com as crianças imediatamente avistou uma fumaça preta. "Pensei que era nos tanques ali perto no Porto, mas o pessoal me falou que devia ser na minha casa. Peguei as crianças e saí correndo, quando cheguei perto vi o fogo que já estava bem alto. Não faço ideia como começou, pois os bombeiros quando estavam lá falaram para desligar o disjuntor, o que mostra que não foi curto-circuito, além de que o botijão estava desligado. Não tinha nada de queima ou explosão no botijão, ele estava inteiro, estava no quintal e foi roubado na madrugada após o acontecimento", destaca, explicando que no momento do incêndio não havia ninguém em casa.

"Perdemos tudo, até documentos. As únicas coisas que se salvaram foram meu CPF e RG que deixei guardados com a minha filha para fazer o contrato com a Copel da nova casa", explica Débora, ressaltando que a casa que pegou fogo era alugada e devia ser entregue à proprietária no mesmo dia do incidente. Segundo ela, com o incêndio, ela acabou perdendo também documentos em torno de pensão alimentícia das crianças, documentos da Assistência Social e de medida protetiva contra o ex-marido, com o qual ela está em processo de separação.

O QUE A FAMÍLIA PRECISA

"Com mais prioridade o que eu preciso atualmente é de pia, geladeira, botijão de gás, utensílios domésticos, entre outros itens", explica Débora, ressaltando que já recebeu várias doações da população parnanguara. A sobrinha de Débora, Nigéia Bastos, cuidadora de idosos, é uma das organizadoras da campanha, e destaca que a família está necessitando de todo tipo de doação, entre elas roupas para as crianças, alimentos, móveis, calçados, itens domésticos, ração para cachorro e gato, entre outros itens. "Pedimos roupas meninas P e M para o menino e a menina. Além disso, solicitamos calçados adulto 35 e 36, infantis feminino números 22 e 23 e infantil masculino 30 e 31", explica Nigéia.

"População parnanguara está nos ajudando, está sendo maravilhoso", afirma Débora Santos, destacando que apesar da tristeza com o incêndio, solidariedade da população dá força para ela prosseguir

Segundo a cuidadora de idosos, quem quiser entrar em contato com ela para saber mais informações pode utilizar o número (41) 98532-7673 ou pelo Facebook https://www.facebook.com/nigeia.bastos.9 . "As doações podem ser entregues na Vila Alboit, na Rua Xavier da Silva, 1985, um chalé branco em frente à Igreja Quadrangular próxima ao Mercado Girardi", informa Nigéia. "A dona da casa também perdeu tudo, a residência era um modo de ajudar nas finanças dela com o aluguel. Ela também vai precisar, porque eu perdi, ela perdeu muita coisa. A proprietária da casa tem filhos. Se ela quiser que peça também ajuda em material de construção para pelo menos construir uma peça", explica.

AJUDA DA POPULAÇÃO

"A população parnanguara está nos ajudando, está sendo maravilhoso", afirma Débora. "Tem muita gente entrando em contato, chamando no Facebook, mas estamos tendo dificuldade em trazer as coisas para a casa no frete. Não temos como buscar. Hoje, por exemplo, teve uma amiga em Matinhos que buscou doações de uma pessoa em Pontal do Paraná", afirma Nigéia. "O Bruno, que faz frete, está nos ajudando muito. Se prontificou a isso, ele foi no Labra buscar as coisas para mim sem cobrar nada. Está fazendo por solidariedade. Quem puder fazer a mesma coisa que ele agradeço. O que for aqui perto nós vamos buscar a pé ou de bicicleta, mas o que está longe é difícil", complementa a dona de casa.

De acordo com Débora, se por acaso o número de doações exceder ao necessário ela irá encaminhar esses donativos e itens para outras pessoas que precisam. "Até já conversamos com o pessoal de uma ONG que está ajudando uma outra família em Paranaguá que precisa. Se pudermos repassar algo para eles do que recebermos de doações assim faremos", finaliza Nigéia.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.