Logotipo

Mais de 31 mil visitaram o MAE de Paranaguá em 2019

18 de janeiro de 2020

Mais de 26 mil brasileiros visitaram o MAE no ano passado, com destaque especial para a valorização “caseira”, visto que cerca de 23 mil deles são paranaenses

Compartilhe

Balanço apontou vinda de turistas de 41 países e 25 Estados do Brasil

Na última semana, o Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE), mantido pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em Paranaguá, no Centro Histórico, divulgou um balanço de 2019 que apontou a visitação de mais de 31 mil pessoas ao espaço público histórico, artístico e cultural. Segundo o relatório, pessoas de 41 países da América do Sul e do Norte, Europa, Ásia, Oceania, África e América Central estiveram no MAE, assim como turistas vindos de 25 Estados do Brasil, bem como moradores em todos os cantos do Paraná que conheceram o museu no ano passado.

De acordo com o relatório, os turistas estrangeiros que mais visitam o MAE são da América do Sul, principalmente da Argentina, Uruguai e Paraguai. Entretanto, há cidadãos de todas as partes do mundo que estiveram no recanto parnanguara, entre eles países como Alemanha, Suíça, Itália, Filipinas, Índia, Austrália, África do Sul, Costa Rica, Estados Unidos, entre outros. Ao todo, 433 estrangeiros estiveram no MAE em 2019.

Espaço é mantido pela UFPR em Paranaguá e atrai anualmente milhares de visitantes

Há prestígio do museu perante os próprios brasileiros, visto a vinda de visitantes de diversos Estados, entre eles os cinco principais são Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, além de diversos outros. Mais de 26 mil brasileiros visitaram o MAE no ano passado, com destaque especial para a valorização “caseira”, visto que cerca de 23 mil deles são paranaenses.

Ao todo, 27,2 mil visitantes vieram conhecer o espaço e suas exposições, sendo que os outros 3,8 mil visitaram o MAE por causa de suas agendas culturais, o que demonstra a diversificação de atrativos no museu.

Visitas de alunos

Outro ponto positivo foi a visita de alunos de 235 escolas que estiveram no MAE em 2019, com mais de 6 mil estudantes e 800 professores conhecendo os atrativos do espaço. Um destaque para que o museu atraia tantos visitantes é o trabalho da equipe, visto que dos 365 dias de 2019, em 315 o MAE esteve de portas abertas, o que atraiu uma média diária de cerca de 86 visitantes.

Importância do MAE

Luiz Cézar Rodrigues, auxiliar administrativo do MAE há 36 anos, afirma que a alta visitação demonstra importância do museu no contexto estadual, nacional e global

Auxiliar administrativo há 36 anos no MAE, Luiz Cézar Rodrigues, ressalta que o número alto de visitação demonstra a enorme importância do MAE para o Brasil e o Paraná e até mesmo no contexto global. “Isso se deve primeiramente sobre o histórico do prédio, desde quando foi Colégio dos Jesuítas, depois Alfândega e mais tarde Quartel, e a partir de 1963, quando foi aberto como museu. Outra questão são as exposições apresentadas que representam a cultura do litoral paranaense, valorizando e divulgando para visitantes do Paraná e do Brasil e levando esta riqueza a diversos países”, acrescenta.

 De acordo com o auxiliar administrativo, é preciso levar em consideração o pensamento do Visconde de Almeida Garret. “Ele disse que ‘nada pode ser nacional se não é regional’, isso significa dizer que quando tem uma exposição indígena ela vem mostrar a cultura indígena a religiosidade, como eles referenciam o seu passado, a preservação do espaço”, explica.

Horário de visitação

O MAE fica aberto de terça-feira a domingo, no horário das 8h às 20h, localizado na Rua XV de Novembro, 575, no Centro Histórico de Paranaguá.  “Trata-se de um prédio com 264 anos, estilo colonial do século XVIII muito bem preservado, contando com 1.726,60 metros quadrados. A entrada é franca. Convidamos todos que venham conhecer, prestigiar e divulgar o MAE, que façam parte dos milhares de visitantes que conheceram o museu em 2019 e com isso souberam um pouco mais da nossa história”, finaliza Luiz Cézar Rodrigues.

O MAE fica aberto de terça-feira a domingo, no horário das 8h às 20h, localizado na Rua XV de Novembro, 575, no Centro Histórico de Paranaguá

 

 


Colunistas