conecte-se conosco

Segurança

Paranaguá tem 24 homicídios registrados no primeiro semestre de 2019

Município tem média de mortes violentas similar à de cidades como Ponta Grossa e Londrina

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná (Sesp) divulgou os dados sobre homicídios registrados em todo o Estado entre janeiro e julho de 2019. Somente em Paranaguá, 24 pessoas perderam a vida de forma violenta nesses seis meses. O município teve quase o dobro de mortes violentas se comparado ao mesmo período do ano passado, quando a taxa foi de 45 vítimas.

Mesmo com aparente queda no índice, Paranaguá ainda se mantém com número considerável de mortes violentas. Em um comparativo com outras cidades do Estado, o município se encontra na mesma média de Fazenda Rio Grande (que aparece com 28 homicídios), Ponta Grossa (23) e Londrina (26). Desta forma, Paranaguá, que tem população estimada em 153 mil habitantes, atingiu um índice similar o de cidades como Ponta Grossa, com cerca de 348 mil habitantes; e Londrina, com 563 mil habitantes.

Neste ano, janeiro foi o mês com mais homicídios em Paranaguá, seis no total. Outros cinco foram computados em fevereiro, três em março, cinco em abril, dois em maio e quatro em junho.

PANORAMA NO LITORAL DO PARANÁ

No litoral do Paraná, Antonina registrou um homicídio, outros 11 (sendo oito homicídios dolosos e três latrocínios) ocorreram em Guaratuba, cinco em Matinhos, três em Morretes, um em Pontal do Paraná e nenhum em Guaraqueçaba. Totalizando 46 homicídios no litoral do Paraná nos seis primeiros meses do ano.

REDUÇÃO DE 20% EM TODO O ESTADO

De forma geral, o Paraná registrou redução de 20% no índice de homicídios dolosos, quando comparado a 2018. Em 52% das cidades (211 dos 399 municípios paranaenses) não houve registro deste tipo de crime, e em 124 (31%) foram apenas uma ou duas ocorrências registradas. De janeiro a junho, foram 828 registros de mortes violentas, número inferior às 1.033 ocorrências dos primeiros seis meses de 2018.

Segundo o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, a queda nos índices de criminalidade é resultado de um conjunto de esforços. “Estamos trabalhando para combater o crime em todas as suas modalidades. O trabalho de inteligência, integração e planejamento de ações é constante para fornecer maior segurança para todos os paranaenses. E isso se reflete nas estatísticas de homicídio, furto e roubo”, explicou Marinho.

INTEGRAÇÃO DE FORÇAS POLICIAIS

A diminuição dos números é atribuída à integração entre as forças policiais, ao patrulhamento preventivo e ostensivo e às investigações mais ágeis da polícia judiciária, que prendem criminosos e acabam por inibir novos crimes.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos, atribuiu a redução da criminalidade a duas fases do trabalho policial. “Primeiro, é o direcionamento de operações específicas antecipadas pela inteligência policial, o trabalho de investigação, de produção de conhecimento, de inteligência dos locais onde ocorrem os maiores índices”, afirmou o coronel.

“Entendemos o que está acontecendo de verdade naquela cidade ou região e, a partir disso, agimos. Em segundo lugar, não menos importante, temos um planejamento primoroso”, acrescentou coronel.

As regiões com quedas mais significativas das taxas de homicídios foram Pontal do Paraná, Lapa, Altônia e Santo Antônio da Platina (- 87,5%), Rio Branco do Sul (- 83,3%), Campo Magro (- 75%) e Fazenda Rio Grande (-68,7%).

Foto de capa: Arquivo

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.