conecte-se conosco

Segurança

Paranaguá registra redução de 31,6% no número de ocorrências criminais no primeiro semestre

Tenente Lucas Correa destaca redução de mais de 50% nos homicídios, de 18,2% em crimes de roubo e furto e de 80% nas “vazadas” em Paranaguá no primeiro semestre de 2019

Publicado

em

Dados foram levantados no âmbito criminal pela 1.ª Companhia do 9.º Batalhão da Polícia Militar em comparação ao mesmo período em 2018

Dados estatísticos da 1.ª Companhia do 9.º Batalhão de Polícia Militar do Paraná (9.º BPM), referentes ao 1.º semestre de 2019, apontam uma redução de 31,6% no número de ocorrências criminais no município em comparação ao mesmo período em 2018. Outra estatística positiva repassada pela PM foi a redução em mais de 50% no número de homicídios nesses primeiros seis meses de ano. Os índices são positivos para a sociedade, algo conquistado graças ao trabalho conjunto entre a PM e forças de segurança do município, bem como com planejamento estratégico, aplicação de policiamento em locais com maior índice de ocorrências e uso de novas tecnologias pelo 9.º BPM.

Segundo o tenente Lucas Correa dos Santos, da 1.ª Companhia do 9.º BPM, no primeiro semestre de 2019 houve redução total de 31,6% no número de ocorrências gerais em Paranaguá em comparação ao mesmo período no ano passado. “Tivemos uma diminuição dos chamados da Polícia Militar por crimes que ocorriam na cidade. Esta análise foi depurada ainda e se observou que nesta diminuição 18,24% é relativa aos crimes de roubo e furto em Paranaguá. Então, com as medidas que foram adotadas nos últimos seis meses, temos um saldo positivo, pois comparado ao ano passado tivemos um decréscimo de quase 20% nestas situações de furto e roubo”, explica.

“As ocorrências que mais geram chamadas via 190 são as registradas em âmbito familiar, como as de violência doméstica e ameaças entre cônjuges, ou até parentes, primos, irmãos, etc., enfim, são as que mais geram demanda policial. Em segundo lugar temos acionamentos por furtos, em que não há ameaça à vida, mas há lesão ao patrimônio. A maioria dos furtos é de pequena monta, com valor do objeto extraviado que não é muito alto, entretanto sabemos que há lesão ao cidadão que foi vítima”, explica o tenente Correa. 

REDUÇÃO NO NÚMERO DE HOMICÍDIOS

Segundo o tenente, o ano de 2019 está sendo diferenciado na segurança pública local pela força conjunta entre PM, Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Civil do Paraná (PCPR) e Guarda Portuária (Guapor). “Trabalhamos juntos, na mesma direção, com os mesmos objetivos, a fim de diminuir a ilicitude na cidade. Tivemos uma redução de mais de 50% no número de homicídios em Paranaguá neste primeiro semestre de 2019. Este trabalho não pode ser colocado só na conta da Polícia Militar, mas também na da Polícia Civil, que também realizou vários mandados de busca e apreensão e de prisão, da GCM que nos auxilia no policiamento ostensivo e prevenção geral, entre outras forças, então, este trabalho conjunto, agregado ao estudo de dados, aplicação do policiamento nos locais com maiores índices de ocorrências”, explica.

De acordo com ele, o planejamento é contínuo e feito mensalmente e quando é detectado novo ponto crítico de cidade são aplicadas viaturas em locais e horários específicos para a redução dos índices de criminalidade. “Esta ação conjunta foi retomada neste ano. Queremos que esta união esteja cada vez mais forte, pois ela não só favorece as instituições, como também beneficia a cidade e o cidadão parnanguara”, explica o tenente. 

PM destaca trabalho conjunto com forças de segurança locais, planejamento estratégico e investimento em novas tecnologias para redução dos índices de criminalidade

“VAZADAS” 

A união entre forças de segurança, de acordo com o tenente, busca uma maior abrangência de atuação e um exemplo positivo disso foi a redução das “vazadas” no município em vias de acesso ao Porto. “Cito como exemplo os crimes de ‘vazadas’, comuns em Paranaguá, com quebra de bica de caminhões que causa o derramamento de produtos na pista. Com o trabalho conjunto entre PMPR, PCPR, GCM e Guarda Portuária neste primeiro semestre, conseguimos reduzir em 80% este tipo de crime”, explica, ressaltando que a atuação policial foi e continua sendo cirúrgica contra as “vazadas”. 

TRÁFICO DE DROGAS 

“Crimes como roubo, homicídio, violência doméstica e tráfico de drogas são os crimes que temos a maior atenção, pois se ramificam em outras infrações penais. O tráfico de entorpecentes enseja outros crimes como roubo, furto, ‘vazadas’, pois o dependente químico busca diversos meios, entre eles ilícitos, para agregar valor e para fazer a compra da droga”, afirma Correa. “Além de pegarmos os crimes menores como o furto, batemos fortemente em repressão ao tráfico de entorpecentes para que os crimes auxiliares não aumentem na cidade”, complementa, ressaltando que os homicídios, apesar de não serem crimes auxiliares, possuem em Paranaguá em grande parte relação com o tráfico de drogas.

NOVAS TECNOLOGIAS 

“Colocamos à população que são muitos policiais que estão envolvidos na questão da segurança pública em Paranaguá. O trabalho é árduo, entretanto continuamos trabalhando de forma intensa, a fim de oferecer segurança à população. Sabemos que não chegamos ao cenário ideal, mas podemos colocar para a população que a PM está trabalhando forte e implementando novas tecnologias que serão apresentadas posteriormente à população para melhorar e agilizar o atendimento aos cidadãos”, afirma o tenente Lucas Correa dos Santos, deixando à disposição dos munícipes o telefone 190 da PM para atendimento de ocorrências. 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.