conecte-se conosco

Segurança

Orientações e advertências a banhistas aumentam nos primeiros 10 dias da Operação Verão

A estatística aponta que neste verão os guarda-vidas que atuam nos 89 postos ao longo de toda a faixa litorânea.

Publicado

em

Em 10 dias de temporada de verão, já foram cinco mortes por afogamento nas praias do Paraná, e o Corpo de Bombeiros do Paraná já computa um aumento 18,5% de orientações e de 28,8% de advertência, em comparação com o mesmo período de 2017. Por outro lado, os casos de afogamentos mais leves caíram pela metade neste verão. O comparativo é do dia 21 de dezembro até segunda-feira, 31 de dezembro.

A estatística aponta que neste verão os guarda-vidas que atuam nos 89 postos ao longo de toda a faixa litorânea já fizeram 12.112 advertências e 18.756 orientações, números superiores ao mesmo período do verão do ano anterior, quando houve 8.614 advertências e 15.269 orientações.

“Percebemos que neste ano a população tem demonstrado mais preocupação em buscar informações nos Postos de Guarda-Vidas e com um número maior de pessoas na praia, consequentemente há aumento das advertências feitas pelos bombeiros aos banhistas que estão expostos a perigos no mar como correntes, buracos, entre outros”, disse a porta-voz do Corpo de Bombeiros durante a Operação Verão Paraná 2018/2019, tenente Ana Paula Inácio de Oliveira Zanlorenzzi.

Por outro lado, as situações de afogamento com atendimento do Corpo de Bombeiros reduziram de uma temporada para outra. Houve 15 afogamentos leves, aqueles em que o socorro é feito na areia, a vítima não sofre risco de morte e acaba liberada no local, sendo que no ano anterior foram 30. Houve ainda outros quatro casos de afogamentos moderados, em que foi necessário o acompanhamento da vítima até uma unidade hospitalar devido às consequências do acidente. No mesmo período do ano anterior, foram quatro casos.
A estatística do Corpo de Bombeiros também apresenta uma redução dos casos de resgate, que ocorre quando o guarda-vidas precisa auxiliar o banhista que está em dificuldade e não consegue sair da água sozinho. Até agora foram 282 casos contra 376 situações no ano anterior.

ORIENTAÇÕES

Antes de entrar na água, a pessoa deve evitar o consumo de bebida alcoólica e de alimentos pesados, pois pode comprometer a coordenação motora e facilitar o afogamento. Outra dica essencial é nadar somente entre as bandeiras vermelho sobre amarelo (duas cores na mesma bandeira), dispostas em pares ao longo da praia. Ali sempre haverá um Posto de Atendimento de Guarda-Vidas, e é o local mais seguro para entrar no mar. Também é importante que os banhistas acessem o mar somente quando houver a presença do guarda-vidas.

Outra atitude importante é não utilizar pontos onde não há um Posto de Guarda-Vidas fixo. Esses locais são identificados por uma bandeira preta e devem ser evitados. 
Uma dica para o banhista que “perde o pé” no mar é não entrar em pânico e boiar na água utilizando o ar dos próprios pulmões. 

Os balneários com maior concentração de banhistas têm Guarda-Vidas distribuídos nas praias das 8h até às 20h, observando atentamente e repassando orientações de segurança. Se o veranista tiver dúvidas ou necessitar de socorro, pode acionar os profissionais diretamente no Posto de Guarda-Vidas ou ligar no telefone 193.

Foto: Soldado Amanda Morais

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.