conecte-se conosco

Segurança

BPMOA realizou 21 atendimentos durante o Carnaval no litoral do Paraná

Durante o Carnaval o BPMOA atuou durante 24 horas em todo o litoral do Paraná (Foto: BPMOA)

Publicado

em

11 ocorrências foram de remoções aeromédicas, cinco delas noturnas

No período de 21 a 26 de fevereiro, quando ocorreu a programação do Carnaval nos municípios do litoral do Paraná, o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), que integra a operação "Verão Maior", realizada pelo Governo do Estado, fez o total de 21 atendimentos a moradores e turistas da região. Segundo balanço do BPMOA, a maior parte dos atendimentos (11), foi composta por remoções aeromédicas de moradores ou turistas, sendo que cinco destas ações foram realizadas durante a noite.

De acordo com o Batalhão, ao todo foram feitos três atendimentos policiais, dois deles para patrulhamento aéreo rodoviário e um de apoio aéreo às operações programadas pela Polícia Militar do Paraná (PMPR). Durante o dia, os helicópteros do BPMOA atuaram nos cinco dias de folia em três resgates aeromédicos, cinco remoções aeromédicas e quatro rondas na faixa litorânea dos municípios da região. No período noturno, a força policial aérea realizou cinco remoções.

O comandante do BPMOA, tenente-coronel Júlio Cesar Pucci dos Santos, fez um balanço positivo da atuação no litoral durante o Carnaval. "Eu acredito que a principal ocorrência que atendemos e que teve uma repercussão, inclusive um furo de reportagem que apareceu ao vivo, foi o afogamento que aconteceu na terça-feira, 25, de Carnaval na Praia Central de Guaratuba, onde os guarda-vidas fizeram um excelente trabalho e tiraram a vítima feminina, levando-a para a areia e o helicóptero chegou rapidamente com a equipe médica dando suporte básico de vida a esta vítima, estabilizando e fazendo o transporte até o Hospital Regional do Litoral (HRL)", explica, destacando que a mulher está em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do HRL, respirando por aparelhos. 

Operação Verão e relação com imprensa

Iniciada no dia 20 de dezembro de 2019, com prosseguimento até 1.º de março de 2020, a operação "Verão Maior" contabilizou um apoio contínuo do BPMOA às forças de segurança no litoral. "Nesses mais de 70 dias de Operação Verão, fazendo uma análise geral, temos um balanço muito produtivo. O que mais ficou evidente foi a integração entre os órgãos, entre eles a PMPR, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Científica, bem como interação com a imprensa na divulgação do nosso serviço, pois isso é importante para a população saber. De nada adianta nós realizarmos um belíssimo trabalho sem que a gente divulgue e tenha efetivamente um reconhecimento dos órgãos de imprensa e população", acrescenta o tenente-coronel Pucci.

"Automaticamente os olhos são voltados a nossa unidade e há um investimento das autoridades em um melhor aparelhamento dos recursos públicos. Foi um grande trabalho do BPMOA", ressalta.

Voos noturnos

"Nesses mais de 70 dias de Operação Verão, fazendo uma análise geral, temos um balanço muito produtivo", afirma o comandante do BPMOA, tenente-coronel Júlio Cesar Pucci dos Santos

Segundo o tenente-coronel, um avanço obtido pelo BPMOA foi a realização de voos noturnos na Operação Verão no litoral, algo que até então não era feito. "Existiam dúvidas se havia demanda suficiente para pôr o helicóptero no período noturno e foi comprovada, principalmente no Carnaval, a eficácia desta operação. Somente agora no Carnaval tivemos cinco vítimas transportadas durante a noite, praticamente uma por noite. Investimos nisso, não só o BPMOA, como equipes da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), que disponibilizou o apoio. Agradeço demais ao Dr. João Cláudio, de Paranaguá, e ao chefe da 1.ª Regional de Saúde (1.ª RS), José Carlos de Abreu, por acreditarem nesta demanda e colocarem à disposição uma equipe de saúde conosco à noite, de forma que trabalhamos 24 horas neste período de Carnaval", completa.

Drones nos maiores eventos

"Nos dias de Carnaval, no sábado, 22, na Matimbanda, no domingo, 23, na Caiobanda, e na segunda-feira, 24, na Guaratubanda, nós fizemos o monitoramento destes eventos com drones, com transmissão para o nosso centro de comando e controle em terra, o que dá uma agilidade muito grande no policiamento, pois possibilita aos comandantes da operação visualizar de forma estratégica toda a atividade que está ocorrendo na rua. Assim, pode se trabalhar e movimentar as equipes em terra de acordo com as imagens obtidas em ar pelos drones. Foi realmente uma outra novidade que o BPMOA se empenhou em deixar à disposição", explica o comandante do BPMOA. "Para nós é ainda uma coisa nova, estamos aprendendo, mas acredito que a partir de agora seja uma realidade dentro da PMPR", comenta.

Importância do BPMOA e das forças estaduais de segurança

Segundo o comandante, o BPMOA é um segmento da Polícia Militar, que deu exemplo de atuação positiva em toda a temporada, incluindo o Carnaval. "De forma geral, como comandante, cidadão e turista, que aproveita o nosso litoral, vi a Polícia Militar de uma forma geral muito presente nas ruas, com um policiamento moderno e uma mentalidade comunitária de policiamento, com viaturas novas, motos, tecnologia, rodovias com pouquíssimo nível de acidentes e mortalidade muito baixa. O Corpo de Bombeiros, pelo que conversei com o comandante do 8.º Grupamento do Corpo de Bombeiros do Litoral do Paraná, major Jonas Emmanuel Benghi Pinto, teve nesta temporada registrado o menor índice de afogamento dos últimos cinco anos em áreas protegidas no litoral", destaca. "Todos os ramos da PMPR deram um show, o que é reflexo de um bom comando da Polícia Militar e de um bom governo", explica.

"A análise é muito positiva e só queremos melhorar. Estamos encerrando uma Operação Verão 2019/2020 e, com isso, já estamos planejando a próxima. Alguns erros foram cometidos, nada é perfeito, se fosse seria um modelo ideal, o que sempre procuramos. A ideia é não cometer pequenos erros em 2020 e 2021 e ainda tenhamos um serviço de melhor qualidade e excelência a toda a comunidade paranaense e aos turistas no litoral", finaliza o  tenente-coronel Júlio Cesar Pucci dos Santos.

[videoyoutube]Q5qFQXtqGrg[/videoyoutube]

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.