conecte-se conosco

Segurança

9.º Batalhão da PM repassa dicas para cidadãos não caírem em golpes

Idosos são os ‘alvos’ mais comuns, pois geralmente dão mais atenção ao serem abordados, sendo enganados pela proposta apresentada ou pelo interesse em ajudar alguém com dificuldade (Foto: Divulgação)

Publicado

em

Golpistas se aproveitam da inocência ou solidariedade da vítima para efetivar crime de estelionato

Golpes de estelionatários são comuns em vários centros urbanos do Brasil e Paranaguá, por ser uma cidade portuária, com um grande fluxo de dinheiro e pessoas, está inclusa no rol de municípios em que os criminosos atuam em praças e proximidades de bancos e lotéricas. Segundo o 9.º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (9.º BPM/PMPR), golpes com o "do paco", "do bilhete premiado", entre outros, advêm sempre de pessoas mal-intencionadas que se aproveitam daqueles que acreditam na possibilidade de adquirir dinheiro fácil ou pretendem socorrer alguém em apuros. Por isso, a PM dá dicas importantes para os cidadãos não serem vítimas dos estelionatários.

Segundo o 9.º BPM, o essencial é primeiramente que os cidadãos jamais acreditem no "dinheiro fácil". "Os golpistas se aproveitam, na maioria das vezes, da inocência das vítimas em acreditar na possibilidade do lucro sem esforço ou na apresentação de alguma situação de emergência, fazendo aflorar o desejo de ajudar alguém que esteja em dificuldade", informa a assessoria. Sobre dados de ocorrências de golpes na área central e bairros de Paranaguá, a PM afirma que "não é possível apresentar uma estatística, pois quase a totalidade das pessoas que se tornam vítimas desses golpes não fazem o registro da ocorrência, geralmente por vergonha", explica.

GOLPE DO FALSO SEQUESTRO

Outro golpe que ocorre por meio do telefone celular é o do "falso sequestro", no qual criminosos ligam para as pessoas afirmando ter sequestrado um filho ou pessoa próxima e pedindo um valor para resgate da falsa vítima. De acordo com o 9.º Batalhão, em caso de ser vítima deste golpe telefônico, o essencial é manter a calma. "Não diga nomes de pessoas da família tentando adivinhar quem supostamente está sequestrado. Os marginais usam as informações que a vítima repassa para chantageá-la. Por mais que o golpista insista para não desligar o telefone, desligue e procure manter contato com seus familiares", explica.

Policiamento contínuo é feito pela PM próximo às unidades bancárias, e na área central da cidade, principalmente em dias de pagamento salarial e de aposentadoria (Foto: Arquivo)

IDENTIFICAÇÃO DOS ESTELIONATÁRIOS É DIFÍCIL

Segundo a PM, a identificação dos golpistas é muito difícil pelo fato deles serem pessoas comuns, que se misturam à população e agem naturalmente. "Não há um padrão, pois são homens, mulheres, jovens e até idosos que cometem esse tipo de delito. São pessoas de conversa fácil, que conquistam a confiança de suas supostas vítimas com facilidade", explica a assessoria.

Outro item importante, segundo o 9.º Batalhão, é sobre a escolha das vítimas. "Apesar do baixo número de registro de ocorrências como já dito, podemos observar que não há um padrão na escolha das vítimas. Geralmente uma terceira pessoa ou até mais se intrometem na conversa se oferecendo para comprar o suposto bilhete premiado, motivando a vítima a acreditar na oferta e cair no golpe. As pessoas idosas são os 'alvos' mais comuns, pois geralmente são elas que dão mais atenção ao serem abordadas, sendo enganadas pela proposta apresentada ou pelo interesse em ajudar alguém com dificuldade", destaca.

Caso identifique um golpista atuando, é sempre possível acionar a PMPR através do telefone 190 ou nas viaturas que marcam presença na área central de Paranaguá e nos bairros. Segundo o 9.º BPM, há sempre em Paranaguá e no litoral uma atuação contínua da PM contra a criminalidade. "Atuamos através dos patrulhamentos ostensivos ordinários e com reforço de policiamento nas proximidades das unidades bancárias, principalmente nas datas de pagamento de salários e aposentadorias", finaliza a assessoria do 9.º Batalhão da Polícia Militar.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.