Connect with us

Religiosidade

APPA garante permanência do Santuário do Rocio em Paranaguá

Diretor-presidente da APPA, Luiz Fernando Garcia da Silva, destacou que atuará em parceria com comunidade portuária para melhorias na região.

Publicado

em

Na manhã de sexta-feira, 1.º, uma reunião realizada entre o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Fernando Garcia da Silva, e o padre Joaquim Parron, reitor do Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio, garantiu a permanência do polo religioso em Paranaguá, ao contrário de boatos espalhados nas redes sociais de que o espaço poderia deixar de ter sede no município.

Além disso, a APPA destacou que irá atuar junto à comunidade portuária em prol do bairro do Rocio e do Santuário, com foco em melhorias de infraestrutura e no acesso à localidade, minimizando impactos do setor logístico no Rocio.

"Havia boatos de que o Porto queria tirar o Santuário do Rocio, na verdade isso nunca aconteceu. O governador Ratinho Júnior, pelo contrário, determinou que a APPA olhe mais em prol da cidade e do Santuário que está instalado no município há muitos anos. O que nós nos propusemos é coordenar junto à comunidade portuária para que a gente volte a atenção para o Rocio e tente minimizar os impactos dos caminhões que transitam na região", afirma o diretor-presidente, Luiz Fernando da Silva. "Não mediremos esforços para atuar principalmente na infraestrutura de acesso da região", completa.

O padre Parron, reitor do Santuário do Rocio, frisou que a reunião foi proveitosa.

"Trouxemos exemplos da Europa, onde existem relações pacíficas entre igrejas e complexos portuários, como ocorre na Antuérpia. Com as novas tecnologias, é possível esta convivência, algo que o governador Ratinho Júnior e o diretor-presidente querem trazer para Paranaguá. O Porto assume, junto ao Santuário do Rocio, estas coordenações para melhorar os acessos ao bairro, revitalização e melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem no Rocio e os peregrinos", explica.

TURISMO E QUALIDADE DE VIDA DOS MORADORES

Segundo o padre, os fiéis podem ficar despreocupados que o Santuário do Rocio não sairá de Paranaguá. "O Santuário indiscutivelmente é o maior centro turístico de Paranaguá. Estamos felizes com esta colaboração da APPA, do Governo do Estado, foi uma reunião positiva, destaco também a participação do prefeito Marcelo Roque que está disposto a trabalhar em conjunto em prol da revitalização do Rocio", diz padre Parron.

O vereador Luiz Maranhão, presidente da Comissão de Assuntos Portuários da Câmara de Paranaguá, participou da reunião. "Graças a Deus, as coisas foram esclarecidas e é importante ressaltar a preocupação do padre Parron, a qual é relevante e pertinente. O avanço do Porto é importante, gera emprego e renda, mas precisamos nos preocupar com o Santuário, com o bairro e com a população, pois os transtornos são muito grandes. Temos lá este campo santo, a história religiosa do Estado e a Padroeira do Paraná está ali e precisa ser respeitada", destaca.

O legislador parabenizou a postura do chefe de Gabinete da APPA, Nilson Viana, do diretor-presidente da APPA, Luiz Fernando, do secretário de Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega e do governador Ratinho Júnior.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.