conecte-se conosco

Pedofilia

Professor é preso em Pontal do Paraná acusado de abuso sexual da própria enteada

Professor suspeito negou acusações e diz ser inocente. Ele está preso na Delegacia de Pontal do Paraná

Publicado

em

Um caso de pedofilia chocou a comunidade de Pontal do Paraná na última semana. A Polícia Civil realizou a prisão, na tarde de sexta-feira, 23, de um professor acusado de abuso sexual da própria enteada por denúncia formulada pelo Conselho Tutelar. Além disso, o educador também foi acusado de ter assediado sexualmente alunas no colégio onde lecionava em Pontal do Paraná.

A investigação está sendo comandada pelo delegado da Polícia Civil de Pontal do Paraná, Tiago Wladyka, o qual destaca que a denúncia foi formulada pelo Conselho Tutelar há mais de um mês, quando a própria vítima, uma adolescente, teria relatado que o professor a teria molestado várias vezes em sua própria casa. Além disso, os investigadores foram mais a fundo e apuraram que o homem teria também assediado diversas alunas na unidade de ensino onde trabalhava.

Diante dos fatos, a Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão do suspeito, algo que foi concedido, com expedição de mandado de prisão. O homem foi encontrado em Matinhos, onde foi preso, negando todas as acusações de pedofilia. Ele está preso na Delegacia de Pontal do Paraná. As autoridades, com o propósito de não atrapalhar a investigação, não divulgaram o nome do professor suspeito nem da escola onde lecionava em Pontal do Paraná. 

Foto: Polícia Civil do Paraná

Continuar lendo
Publicidade