conecte-se conosco

Polícia

Policiais militares salvam vida de bebê engasgado em Guaratuba

Bebê de 45 dias estava engasgado e foi socorrido por dois policiais militares que atuam em Guaratuba.

Publicado

em

O choro de Nicolas Bernardo dos Santos de Oliveira, de 45 dias de vida, após momentos de desespero por conta de um engasgo, foi um alívio para a família do menino, que recorreu a dois policiais militares da Subárea de Guaratuba para salvar a vida dele. Com as manobras de desobstrução das vias aéreas feitas pela dupla de policiais, o garoto voltou a respirar e foi encaminhado ao hospital para receber atendimento mais detalhado. A situação ocorreu na tarde de domingo, 2, no balneário de Piçarras, em Guaratuba, no litoral.

Fernanda Gonçalves dos Santos Oliveira, de 32 anos, mãe de Nicolas, destacou a agilidade dos policiais militares no atendimento.

“Me senti muito agradecida. Ainda estamos no hospital, mas ele está bem, graças a esses policiais. Os médicos falaram que se ele ficasse mais cinco minutos engasgado não iria resistir. Eles chegaram muito rápido e, com certeza, fizeram a diferença”, disse.

De acordo com as informações repassadas à PM, Nicolas já tinha sido atendido no período da manhã no hospital da cidade por conta de uma bronquite e dificuldade para respirar, porém, por volta de 17 horas, o menino sofreu um engasgo. Pessoas que viram a situação fizeram o acionamento à Polícia Militar pelo 190, e os anjos da guarda de Nicolas providenciaram dois heróis para resolver a situação: o cabo Carlos Alberto da Silva Júnior e o soldado Fabio Francisco da Silva.

A equipe foi até o endereço com urgência, pois sabia que cada segundo poderia ser decisivo para a vida de Nicolas. “Estava chovendo muito e estávamos longe do local da ocorrência, mas graças a Deus conseguimos chegar em apenas um minuto e meio, tempo que foi decisivo para o atendimento do menino”, disse o cabo Da Silva.

“E o mais gratificante foi perceber que quando Nicolas já estava no colo do pai, a hora que falei com ele, reconheceu minha voz e sorriu para mim, acredito que ele lembrava do momento crítico quando ouviu minha voz pedindo para ele reagir e voltar a respirar”, conta o cabo.

No local, os policiais militares se depararam com a família e outras pessoas aglomeradas ao redor da mãe, que estava com o filho nos braços, o qual já estava com o rosto roxo e desfalecido. “As pessoas estavam muito nervosas e de pronto já iniciamos os procedimentos de desobstrução de vias aéreas”, explicou o soldado Francisco.

Num primeiro momento, após retirar o líquido pelas narinas e boca, Nicolas reagiu e até chorou, um sinal de alívio para todos, mas pouco tempo depois os policiais perceberam que ele passou a ter dificuldades para respirar. “O menino estava com muita secreção no nariz e garganta, por conta da bronquite, e isso é que o atrapalhava na respiração. O cabo Da Silva pegou o menino no colo e fez a sucção da secreção até ele voltar a respirar. Depois o médico que atendeu o menino nos explicou que esse procedimento foi decisivo para garantir a vida”, contou o soldado.

Com a situação controlada, a equipe policial acionou uma ambulância para fazer o atendimento médico necessário. Uma equipe do Samu chegou e colocou o bebê no oxigênio, sendo encaminhado até o Pronto Atendimento da cidade. O cabo Da Silva e o soldado Francisco acompanharam os procedimentos até a estabilização de Nicolas, juntamente com a família.

Foto: PMPR

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.