conecte-se conosco

Polícia

PM prende dupla acusada de assalto e tráfico de drogas em Paranaguá

Durante a ação policial foram apreendidas porções de maconha, cocaína, dinheiro, uma arma de fogo e munições. Dois homens foram presos.

Publicado

em

Dois homens foram presos por equipes da Polícia Militar na tarde de quinta-feira, 6, por volta das 17h, acusados de assalto e tráfico de entorpecentes, nos bairros Porto dos Padres e Vila Marinho, em Paranaguá. Drogas, dinheiro, uma arma de fogo e munições foram apreendidas.

“CAVALO LOUCO”

Por volta das 16h, uma mulher de 40 anos caminhava pela calçada da Rua Alípio dos Santos, no bairro Raia, quando foi surpreendida por um homem que ocupava uma motocicleta. O indivíduo aplicou o conhecido golpe do “Cavalo Louco”. Ele passou ao lado da mulher e puxou a bolsa que ele carregava, fugindo em alta velocidade.

Populares que presenciaram a ação criminosa anotaram a placa da motocicleta e repassaram para equipes da Polícia Militar que atenderam a ocorrência. Os policiais conseguiram identificar o proprietário do veículo e descobriram seu endereço.

Ao chegar no local, na Rua Alzir dos Santos Antunes, no Porto dos Padres, a equipe flagrou Silas Pereira Santanna Luz, de 24 anos, chegando em uma casa com a motocicleta usada no assalto.

Abordado, ele confessou o crime e disse que jogou a bolsa com os pertences da vítima na rua e que trocou o celular por entorpecentes.

Silas indicou o local onde deixou o aparelho roubado.

ARMA, MUNIÇÕES E DROGAS

Com o apoio de outras viaturas, policiais foram até o endereço repassado por Silas e localizaram um indivíduo suspeito.

Rodrigo Pontes dos Prazeres, de 22 anos, foi abordado na Rua João Pires, na Vila Marinho. Com ele, foram encontradas porções de maconha e cocaína e certa quantia em dinheiro trocado.

A mãe do rapaz acompanhou o procedimento e liberou a entrada dos policiais na residência. Dentro do quarto de Rodrigo as equipes encontraram certa quantidade de cocaína, maconha e mais dinheiro. Durante as buscas foi localizado, enrolado em um pano, um revólver calibre .38, e 29 munições intactas. No quarto de Rodrigo também foram encontrados vários objetos de origem duvidosa.

Ao consultar o sistema de informações da SESP – Secretaria de Segurança Pública, os policiais constataram que a arma foi roubada de uma empresa de segurança.

Diante da situação e do material apreendido, todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos cabíveis.

REINCIDENTE

Em Julho de 2019, Silas Pereira Santanna Luz foi preso pela Polícia Militar pelo mesmo crime. Ele tinha acabado de aplicar o golpe do “Cavalo Louco” em uma mulher que caminhava pelo bairro Palmital.

Na fuga, ele acabou se envolvendo em um acidente de trânsito, no cruzamento das Ruas Idelfonso Munhoz da Rocha com Baronesa do Cerro Azul.

Na época, com Silas, os policiais encontraram a bolsa da vítima, uma mulher de 58 anos, com todos os pertences.

A mesma moto apreendida na ação desta quinta-feira, 7, foi usada no assalto em 2019.

Continuar lendo
Publicidade