conecte-se conosco

Polícia

Mulher mata pescador em Pontal do Paraná

O pescador Everaldo dos Santos foi morto dentro de casa, no balneário de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná.

Publicado

em

Yanka Claro Medeiros, de 23 anos, foi presa pela Guarda Civil de Pontal do Paraná no início da madrugada de sábado, 9, logo após matar com duas facadas um pescador, no balneário de Pontal do Sul.

De acordo com a corporação, moradores na Rua dos Limoeiros acionaram o Corpo de Bombeiros por volta das 23h30, de sexta-feira, 8, para atender uma vítima de agressão. Everaldo dos Santos, de 69 anos, foi atingido por duas facadas e morreu dentro da casa onde morava.

Ainda de acordo com os moradores na rua, Yanka saiu gritando da casa e falando que tinha esfaqueado a vítima.

Uma equipe da Guarda Civil foi até o local e, com os bombeiros, constatou o óbito.

Neste momento, Yanka voltou para a residência e recebeu voz de prisão. Ela é usuária de entorpecentes e tem várias passagens pela polícia.

O local onde o crime aconteceu foi isolado e, depois da perícia, o corpo foi recolhido ao  Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

ESTATÍSTICAS

Este foi o 5.º homicídio registrado em Pontal do Paraná este ano. No litoral são 83 casos.

Yanka Claro Medeiros, de 23 anos, foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil de Ipanema.

 

Continuar lendo
Publicidade