conecte-se conosco

Pensar Verde

Quando o vaso sanitário entupir… Troque o vaso!

Esta “parábola” do vaso sanitário vem ao encontro à proposta de redução dos municípios no País.

Publicado

em

Os meus avós vieram de longe para morar em Curitiba. Meu avô veio de São Borja/RS e a minha vó de Porto União/SC. Ele seguiu a carreira de jornalista e ela de professora. Juntando algumas economias conseguiram comprar um lote em Matinhos/PR lá na década de 70 para construírem uma casa pré-fabricada e levar a família para passar os finais de semana na praia. Com o passar do tempo, as reformas vieram e infelizmente os dois, após terem cumprido a sua missão nesta vida, partiram fisicamente.

A família passou então a fazer a gestão da casa. Filhos e netos assumiram aquela construção que tanto realizou os meus avós e mais reformas vieram. No projeto original, havia um banheiro ao lado da cozinha. Este foi, por muitos anos, o nosso único banheiro na casa. Certo dia fui surpreendido com um fato no mínimo curioso. Cheguei em casa e percebi que o vaso sanitário não estava mais lá. Para a nossa sorte, outros três banheiros haviam sido construídos nas reformas realizadas. Mesmo assim aquele fato me tirou o sono.

Resolvi então investigar com a família o motivo do vaso sanitário não estar mais lá. Após alguma investigação eu descobri o motivo. Aquele vaso sanitário estava entupido. Somando ao fato de carecermos de um espaço para depositar quinquilharias comuns em casas de praia já havia então a justificativa para a “extinção” do vaso sanitário.

Esta “parábola” do vaso sanitário vem ao encontro à proposta de redução dos municípios no País. Os municípios com menos de 5 mil habitantes e com arrecadação própria menor que 10% da receita total estão correndo o risco de serem extintos. Será que não estamos querendo retirar o vaso sanitário do banheiro ao invés de desentupir o mesmo? No meu entendimento, o que devemos discutir são as maneiras de tornar as gestões mais eficientes. Após esta discussão e estudo, caso não consigamos avançar no tema, aí sim discutir a diminuição dos municípios.

Assim como a Medicina Preventiva pode salvar muitas vidas e poupar os cofres públicos, a Gestão Pública Eficiente pode e deve realizar este mesmo papel. Não podemos mais discutir estado máximo ou mínimo, devemos trazer para todos o “estado necessário”.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.