Logotipo

Segurança permanece com serviços normalizados em Paranaguá

29 de maio de 2018

Polícias Federal, Militar e Civil, bem como a Guarda Civil Municipal prosseguem atuando normalmente e com combustível garantido para as viaturas

Compartilhe

A paralisação dos caminhoneiros, que foi para o nono dia na terça-feira, 28, segue afetando o abastecimento de combustível e de alimentos, principalmente itens perecíveis, nos mercados de Paranaguá. Apesar dos transtornos, a segurança pública local segue normalizada no município, sem afetar os serviços da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícias Federal, Militar e Civil. As autoridades obtiveram combustível através de postos que resguardaram uma cota para as viaturas, bem como através de locais próprios de abastecimento e caminhões que desceram exclusivamente com combustível para serviços essenciais.

“Os serviços da Polícia Federal estão funcionando normalmente. Tem a questão do combustível, mas estamos resolvendo desde a segunda-feira à tarde”, afirma o chefe da Delegacia da Polícia Federal de Paranaguá, Gilson Micoski Luz. 

Secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva, ressalta que GCM segue atuando normalmente em rondas na cidade

O 9.º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (9.º BPM), sob o comando do tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres, através do Capitão Cristiano Stocco Rosa, oficial responsável pela logística do 9.º BPM, informou que a situação dos serviços da PM está normalizada. “Os serviços não foram afetados. Na tarde do domingo, 27, um caminhão de combustíveis foi para Morretes para atender viaturas. Estamos nas tratativas com postos de Pontal do Paraná e Paranaguá para abastecer as viaturas”, informa, destacando também que já havia postos de combustíveis atendendo à PM nos últimos dias na região com cota específica para as viaturas. 

Delegado da Polícia Federal, Gilson Micoski Luz, ressalta que PF está com serviços normalizados

“A Secretaria Municipal de Segurança (SEMSEG) e a Guarda Civil Municipal estão com serviços normalizados com combustível para fazer patrulhamento. Estamos priorizando a média de combustível que a gente gastava durante o dia. As viaturas estão em pontos estratégicos da cidade e não deixam de atender às situações. Está tudo tranquilo”, afirma o secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva. 

Sob o comando do tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres, 9.º BPM segue com viaturas abastecidas e serviços normalizados em Paranaguá e litoral 

“Neste momento, os serviços continuam sendo realizados normalmente. As viaturas estão abastecidas e os servidores estão na sede da 1.ª Subdivisão Policial (1.ª SDP). Temos certeza de que assim vai permanecer, mesmo que o quadro se perpetue por algum tempo, pois o combustível destinado para os serviços de segurança pública seguirão chegando em Paranaguá e o serviço policial não será atingido”, afirma o delegado-adjunto e operacional da 1.ª SDP da Polícia Civil de Paranaguá, Nilson Diniz. 

Nilson Diniz, delegado-adjunto e operacional da Polícia Civil, ressalta que combustível para viaturas está garantindo mesmo com continuidade da paralisação
 

Colunistas