Connect with us

Dia da Mulher

‘Seja uma mulher que levanta outras mulheres’

A costureira Célia Veiga se curou do câncer e ajuda outras mulheres no Instituto Peito Aberto.

Publicado

em

A costureira Célia Regina de Freitas Veiga faz parte da história do Instituto Peito Aberto, que há cinco anos auxilia mulheres a passarem pelo tratamento do câncer de mama, em Paranaguá. Além de também receber apoio das voluntárias, Célia se tornou uma delas e hoje aconselha mulheres neste momento difícil, mas que oferece uma chance de encarar a vida de uma maneira diferente.

“O grupo me ajudou muito em um momento de depressão, tristeza e solidão. Passei por uma fase assim, logo depois que tive câncer de mama, tive glaucoma, precisei fazer outras cirurgias, tive câncer de pele e vesícula, todos em sequência. Só na mama, passei por cinco cirurgias e tive rejeição da prótese mamária”, relatou Célia.

Hoje, ela é um espelho para as mulheres que chegam até o Instituto com o diagnóstico da doença.

“O câncer é mais vida do que morte, muitas vezes. Elas enxergam esperança quando eu conto a minha história. Estou me doando ao Instituto porque para a gente é uma festa, ele tem luz, não é um lugar triste, todas estão sempre alegres porque estão se ajudando e se doando. Fiz amizades lindas aqui e isso enche meu coração de felicidade”, disse Célia.

Nos momentos de fragilidade das pacientes, Célia procura ouvi-las com atenção e mostrar que é possível se tornar um ser humano melhor após o câncer. “Umas chegam assustadas, outras estão tristes pela perda do cabelo, outras têm medo da morte, de deixar os filhos pequenos, e para cada uma tem uma maneira da gente falar e é ouvindo cada uma que descobrimos o que falar. Me sinto muito feliz porque, no final, quase todas saem melhor do que chegaram. Quem chega chorando sai rindo”, ressaltou. “Cada vez que venho ao Instituto, faço uma oração especial para que o Espírito Santo coloque as palavras certas na minha boca, me ilumine para entregar o que elas precisam e em todas as vezes chego ao meu objetivo”, completou.

MENSAGEM ÀS MULHERES

Levantar as pacientes, lhes dando força e as ajudando a recuperar a autoestima é um processo, que fica mais fácil com a ajuda das voluntárias. “Existem várias palavras mágicas que podem ajudar nesse processo de superação. A primeira é fé, pois temos uma caminhada árdua e, às vezes, pegamos uma pedra pequena, outras vezes uma gigante, e temos que carregá-la. A mulher tem essa força inigualável. Acreditem que vocês vão chegar aonde nós chegamos”, afirmou. “Somos muito melhores depois do câncer, mais sábias, corajosas, mais resilientes, mais tranquilas, sou mais leve hoje”, finalizou Célia.

“Seja a mulher da sua própria vida”

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.