conecte-se conosco

Maçonaria

O SILÊNCIO NA MAÇONARIA

Como devem ter ouvido dizer que a Maçonaria é secreta…

Publicado

em

Como devem ter ouvido dizer que a Maçonaria é secreta, que não se comenta nada sobre Maçonaria quando alguém não é um Maçom, isso é verdade, não comentamos nada fora da Loja, mas também não temos segredos de nossas ações, fazemos o bem sem olhar a quem, ajudamos o menos favorecido, porém, o silencio é uma virtude em qualquer ocasião de nossas vidas.

“O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra” (Willian James).

Esta frase resume bem o ensinamento maçônico do “permanecer calado”, não como uma imposição, mas, sim como uma virtude que alerta para a necessidade de preparo para o “Uso da Palavra”.

Temos alguns Ritos Maçônicos que determinam quais Irmãos podem ou não podem se manifestar durante as sessões e este ponto é inquestionável.

Não há de se fazer comparações ou avaliações, se é preconizado pelo Rito que devem permanecer em silêncio, esta é a verdade para o Rito e deve ser seguida, se há Ritos que permitem a fala dos , tudo bem. Jamais devemos deixar de obedecer as normas e procedimentos ritualísticos. O que não pode acontecer é confundir Silêncio com Sigilo ou Segredo. A todos os Maçons (independentes de Graus e Ritos) é obrigatório o Sigilo. O silêncio é uma virtude aprendida na Maçonaria e que é usada não só nos trabalhos maçônicos, mas em nossa vida comum.

O Silêncio Maçônico é a discrição que conquista a confiança dos que nos rodeiam. Esta virtude nos remete ao VITRIOL para silenciosamente corrigirmos nossos defeitos e usar prudência e tolerância em relação aos defeitos dos outros.

A visão e a audição devem ser educadas, tanto quanto as palavras e as maneiras. Em Maçonaria, ao prestar o seu compromisso iniciático, o Candidato promete guardar silêncio sobre tudo o que se passa no interior do templo maçónico.

Para que entendais corretamente o significado o silêncio para o maçom devemos acudir a sua definição, indicando que é a privação voluntária da faculdade de falar. E em verdade, quase todos sabemos falar, mas poucos sabemos calar. Por ele, saber calar a língua e os sentidos é uma virtude de Deus.

A lenda ensina que o príncipe Bahzam um dia qualquer saiu a caçar perto de seu palácio; nesta atividade foi surpreendido pela noite, quando precisamente buscava uma boa presa. Já cansado, o príncipe se sentou debaixo de uma árvore frondosa com o propósito de respirar; neste momento sentiu sair das matas a voz de uma ave; em seguida Bahzam se colocou de pé e disparou sua sarabatana ao pássaro, matando-o em seguida. Tendo o jovem a seus pés a ave morta, meditou, suspirou e disse: “Oh!, Quão bonito é saber calar e cuidar a língua! Se esta ave não tivera falado não havia perecida”.

 

A melhor palavra é a curta e breve, a sábia que transmite a verdade; a que se dirige ao bem. Aprender a falar pouco, o justo e suficiente, significa no maçom em geral, não somente aquele novato, a força de vontade, o caráter moderado, o domínio de si mesmo, a elevação de seu espírito.

Finalmente, é pertinente recordar ao sábio Lokman que ensinou a seu sucessor: “Meu filho! Se a gente se orgulhar pela tua eloquência e pela tua arte de bem dizer, tu deverás agradecer a Deus ao ter te dado juízo para saber calar”.

Yassin Taha

Dep.Federal GOB – Loja Perseverança

 

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.