conecte-se conosco

Maçonaria

DUQUE DE CAXIAS

Filho de militar, logo aos 14 anos de idade, em 15 de agosto de 1817, ingressou no serviço ativo do Exército.

Publicado

em

LUÍS ALVES DE LIMA E SILVA, barão, marquês, visconde, duque, Senador da República e estadista brasileiro, nasceu em 25 de agosto de 1803, na fazenda Taquaraçu, província do Rio de Janeiro. Seus pais, Francisco de Lima e Silva e D. Mariana Cândida de Oliveira Belo. Filho de militar, logo aos 14 anos de idade, em 15 de agosto de 1817, ingressou no serviço ativo do Exército, ao qual se dedicou com patriotismo e honestidade. Sua história, seus atos de bravura no cumprimento de missões militares, sua índole pacifista, seus sentimentos humanitários com os vencidos e subordinados, fizeram-lhe estimado de quantos privaram da sua convivência. Ele foi oficialmente designado pelo decreto federal N.º 51.429, de 13 de março de 1962, como o patrono do exército brasileiro – incorporando o ideal de soldado e sendo a figura mais importante de sua tradição. Historiadores consideram-no o maior oficial militar da história do Brasil. 

CAXIAS fora iniciado maçom, na Loja Simbólica “DOIS DE DEZEMBRO”, no dia 23 de julho de 1841, Oriente do Rio de Janeiro. Alçando-se aos graus filosóficos e, em 1871 eleito Grão-Mestre do Grande Oriente, empunhou com justiça e retidão o Malhete da Sabedoria, afirmando com os seus atos, a Maçonaria Brasileira.

Feito este ligeiro registro, entendemos que as homenagens do DIA DO SOLDADO – 25 de agosto – prestadas a Caxias pelo Exército Brasileiro, todos os anos, bem como as Sessões Magnas realizadas nas Lojas Maçônicas de todo o Brasil, nas quais são relatados os seus feitos fraternos e sua vida dedicada à Pátria, devem continuar ininterruptamente para conhecimento e exemplo das novas gerações militares, como dos novos iniciados na ARTE REAL. Seus problemas de saúde tinham ficado tão sérios que desde o início de 1876 era pedido para ele renunciar. Caxias não se importava pelas preocupações com sua saúde, porém sentia-se cada vez mais alienado. Ele pensava que não conseguiria mais ter um papel relevante na política.

Ele morreu às 23h do dia 7 de maio de 1880, cercado por familiares. Pedro II o havia visitado várias vezes durante esse tempo e ficou muito entristecido, comentando sobre seu "amigo de quase meio século" que ele havia "conhecido e estimado desde 1832. Ele tinha 76 anos, quase 77. E assim ficamos neste mundo". Caxias pediu um funeral simples, sem pompa, sem honras, sem pessoas e apenas seis soldados de boa conduta para carregarem seu caixão. Seu último desejo não foi totalmente respeitado: Pedro II enviou uma carruagem usada apenas nos funerais da família imperial, seguida de dezesseis membros da criadagem imperial e treze soldados de boa conduta para carregarem o caixão. Uma grande procissão foi seguida por um funeral com a presença do imperador. Seu corpo foi enterrado junto com o de sua esposa no Cemitério de São Francisco de Paula, na cidade do Rio de Janeiro.

Yassin Taha

Deputado Federal – GOB

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.