Logotipo

Nhundiaquara Jazz Festival acontece nos dias 7 e 8 de dezembro

03 de dezembro de 2019

Evento gratuito conta com inúmeras atrações e expectativa de receber 20 mil pessoas 

Compartilhe

Nos dias 7 e 8 de dezembro, acontece em Morretes, a 3.ª edição do Nhundiaquara Jazz Festival. Trata-se de um dos maiores encontros de música instrumental do Paraná. Ao todo, 66 músicos participam do evento. As apresentações gratuitas serão em dois locais: Palco do Largo e Palco do Coreto, das 13h às 20 horas.
O evento vai reunir nomes do jazz nacional e alguns representantes da nova geração de compositores paranaenses. As atrações serão gratuitas, às margens do Rio Nhundiaquara.
A estrutura contará com dois palcos ao ar livre que terão desde o jazz contemporâneo autoral, passando por outros gêneros como samba jazz, bebop, dixieland, latin jazz até a world music com sotaque caipira.

Músico Derico é uma das atrações


Um dos destaques desta edição é o show Jazz Flamenco, do violonista curitibano Murillo da Rós que divide o palco com o pianista e maestro Gilson Peranzzetta. Compositores de matizes diferentes, eles transitam entre a música brasileira e internacional repletas de surpresas harmônicas. O encontro ainda contará com as participações especiais de Glauco Sölter (baixo), Luciano Madalozzo (percussão) e Íris Knopfholz (violino).
Uma homenagem a Wayne Shorter, lenda viva do Jazz, será feita por Helinho Brandão Quinteto. A apresentação reprisa a formação preferida de Wayne, com músicos que se identificam com a sua estética. 
Ana Decker, Alegre Corrêa e Antônio Porto se reúnem para homenagear o cancioneiro brasileiro, com repertório que simboliza as grandes festas populares ligadas às culturas caipira e caiçara, além de temas de grandes compositores contemporâneos.
“A 3.ª edição do Festival vai ampliar o chamado parque de sonoridades. Dessa comunhão de influências surgirão encontros de compositores paranaenses, com notáveis de São Paulo, Rio de Janeiro, Floripa e Porto Alegre. Será outra oportunidade para o público reconhecer que a partir das raízes afro-europeias nossa música instrumental ganhou fama e tornou-se referência no mundo inteiro”, explica Luiz Alceu Beltrão, diretor do evento.
Nas edições anteriores, o Nhundiaquara Jazz Festival reuniu mais de 20 mil pessoas. A cidade onde acontece o evento é uma das mais turísticas do litoral paranaense e conta com ampla rede de pousadas, hotéis, restaurantes e trilhas.


Foto: Divulgação


Colunistas