Connect with us

Instituto Histórico e Geográfico de Paranaguá

Sabores e saberes nas receitas caiçaras

Durante as décadas de 1930 e 1940, que começam os primeiros estudos acadêmicos do modo de vida caiçara.

Publicado

em

As receitas típicas do Litoral do Paraná são apreciadas pelo seu sabor único e preparos tradicionais. O pirão de peixe, pirão de feijão, bolinho de camarão, são receitas que têm em comum o uso da farinha de mandioca, ingrediente indispensável na alimentação dos caiçaras. Outras receitas que fazem parte da alimentação local, são a caranguejada, a cambira, o arroz lambe-dedo, todas feitas com o pescado obtido no espaço da Baía de Paranaguá. Falar dessas receitas típicas e de muitas outras, implica falar do modo de vida dos pescadores, pescadoras e das marisqueiras do Litoral do Paraná.

Durante as décadas de 1930 e 1940, que começam os primeiros estudos acadêmicos do modo de vida caiçara. Nesse contexto, as Faculdades de Filosofia, Ciências e Letras estavam se constituindo no Brasil, a exemplo da Universidade de São Paulo e a Universidade do Paraná, dentro das quais passariam a funcionar os cursos de Ciências Sociais, História e Geografia. No Litoral do Paraná, o modo de vida do pescador-lavrador foi mencionada nos trabalhos de José Loureiro Fernandes e Vera Regina Langowiski, pesquisadores que estavam vinculados a instituições como, o Museu Paranaense, Museu de Arqueologia e Artes Populares, a antiga FAFIPAR e a Universidade do Paraná. Citando brevemente tais trabalhos, José Loureiro Fernandes menciona que o pescador está diretamente ligado à floresta. “Na floresta vai o caboclo coletar a lenha para a sua lareira, frutos, raízes, tubérculos e brotos para a sua alimentação e buscar o solo para praticar sua rudimentar agricultura”. Loureiro Fernandes destaca que para a compreensão do pescador é necessário também compreender os elementos que permeiam sua vida, tais como a sua roça de mandioca e sua relação entre o mar e a terra. “Não se pode compreender o nosso pescador sem a sua tradicional roça de mandioca, a qual lhe fornece a farinha para o pirão, complemento indispensável na sua alimentação cotidiana à base do pescado”. Vera Langowiski, destaca também em sua pesquisa que a base da alimentação do caboclo do litoral paranaense consiste no consumo de peixes, mariscos e farinha de mandioca.

Os estudos, citados acima, foram realizados entre as décadas de 1950 e 1970, e apesar da distância temporal, muitos dos elementos citados por Loureiro Fernandes e Vera Langowiski ainda permanecem na alimentação atual. Uma pesquisa realizada pela EMATER, no ano de 2008, demonstrou que em diversas comunidades de pescadores, o peixe, o arroz, o feijão e a farinha de mandioca, são os alimentos consumidos diariamente pelas famílias. Assim, conhecer as receitas e os ingredientes que compõem cada prato (muitos dos quais já comemos, ou vimos um familiar preparando) é também conhecer a nossa história e a nossa cultura. Afinal, as distintas denominações dadas a quem mora no Litoral do Paraná (bagrinho, caiçara, caboclo) revela aspectos da nossa íntima relação com o mar e com a terra, pois do nosso rico espaço, de estuário e de floresta, encontramos os alimentos que compões as receitas de sabores e saberes únicos.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.