conecte-se conosco

Infraestrutura

Obras na Avenida Bento Rocha vão alterar trânsito na região

Intervenções devem começar no próximo mês

Publicado

em

O anúncio de início das obras de revitalização na Avenida Bento Rocha é uma notícia que há muito tempo os parnanguaras e também os caminhoneiros que frequentam a via aguardavam. Os serviços devem começar no próximo mês e serão executados pela empresa licitada. Mas, para isso, será preciso alterar o trânsito na região. A população que reside nos bairros próximos deverá ficar atenta para evitar transtornos.

Na terça-feira, 24, a prefeitura convocou uma reunião para formação da Comissão de Logística em apoio à obra de recuperação da Avenida Bento Rocha. Estiveram presentes representantes da prefeitura, da Secretaria Municipal de Obras, Secretaria Municipal de Segurança, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Superintendência Municipal de Trânsito de Paranaguá (Sumtran), Paranaguá Saneamento e membros da empresa que realizará a obra.

Para minimizar os transtornos causados pelas ações a serem implantadas na via, elas serão realizadas em duas etapas. A Avenida Bento Rocha será via única durante a realização das obras e, para sair da cidade, os motoristas deverão utilizar a Avenida Governador Manoel Ribas e, em seguida, acessar a Avenida Ayrton Senna.

“Esta é uma obra importante para o munícipio, são quase 3 km da Avenida Bento Rocha que serão recuperados. Estamos unindo vários órgãos e empresas atuantes na área para tomarmos as melhores decisões, visto que haverá grande impacto no trânsito da região”, comentou o vice-prefeito de Paranaguá, Arnaldo Maranhão.

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Seil), após o feriado de 1.º de maio, próxima terça-feira, já haverá desvios para o início efetivo das obras na Avenida Bento Rocha e a população deve ficar atenta aos sinais de desvios e às orientações.

Já as obras de construção do viaduto no km 5 da BR-277, anunciadas junto com a recuperação da avenida, devem começar somente em junho. A empresa recebeu a ordem de serviço e agora vai organizar o canteiro de obras para iniciar os trabalhos, conforme a Seil.

A secretaria ainda fez um alerta para que os moradores tenham atenção ao transitar pelos locais das obras. “Toda obra em zonas urbanas traz transtornos e a população de Paranaguá deve ter paciência e atenção quando passar pela região onde estão as máquinas e os trabalhadores. A operação ainda tem uma característica especial pelo tráfego de caminhões por causa do Porto de Paranaguá, e este detalhe vai trazer mais desafios, portanto a atenção deve ser redobrada”, enfatizou em nota a Seil.

Na tarde de ontem, 25, técnicos do DER-PR estavam na via analisando os próximos passos da obra nas primeiras semanas, os melhores pontos para fazer desvios e o tráfego de veículos durante toda a obra.

REVITALIZAÇÃO

A recuperação será realizada no trecho que compreende o Rio Emboguaçu e a Avenida Portuária, totalizando 2,898 km. A via será totalmente recuperada com novo pavimento de concreto, readequação do sistema de drenagem, entrega de uma nova ciclovia, além de dispositivos de segurança, obras complementares e paisagismo.

Os recursos para revitalização da Avenida Bento Rocha e construção de um viaduto na entrada da cidade totalizam cerca de R$ 36 milhões nos projetos, por meio de um convênio entre a APPA e o DER-PR.

A via hoje recebe alto tráfego de caminhões, estima-se que cerca de três mil utilizam a via a caminho do porto. A facilidade de acesso à área portuária torna-se ainda mais necessária devido à movimentação de cargas ter crescido a cada ano, saltando de 30 milhões de toneladas por ano em 2004 para 50 milhões de toneladas que serão movimentadas até o final de 2017.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta