Connect with us

Gotas de Amor

Gotas de Amor

DEUS, no entanto, abriu-lhes o mar para que escapassem dos egípcios.

Publicado

em

Então disse o Senhor a Moisés: “Até quando vocês vão desobedecer às minhas ordens e às minhas leis?” (Êxodo 16:28). Muitos de nós, pais, costumam ensinar aos seus filhos, quando pequenos ainda, ordens e leis que regem a convivência do lar e social, para que não venham, em não as respeitando, colher frutos amargos. Normalmente, diante dos questionamentos, eles são convencidos. Mas há momentos que, pela resistência, manda-se “fechar a boca e obedecer”. DEUS, com certeza, tem o mesmo sentimento ao lidar conosco.

E foi, também, assim com o povo de Israel ao ser liberto do cativeiro por Moisés. À primeira dificuldade, mar Vermelho, questionou, murmurou. DEUS, no entanto, abriu-lhes o mar para que escapassem dos egípcios. E assim foi na caminhada pelo deserto, Não lhes era suficiente DEUS fazer cair alimento do céu, fazer sair água da rocha. Eles logo voltavam aos questionamentos, às murmurações, não importava quanto DEUS lhes abençoasse. E sempre caiam na desobediência. E uma jornada, por isso, que era para durar 40 dias, levou simplesmente 40 anos para chegarem à Terra Prometida.

Enquanto o povo de Israel não guardava respeito ao que DEUS lhes ordenava, enquanto murmurava, colheram o amargo fruto da longa peregrinação pelo deserto. A desobediência, para muitos, custou a própria vida. Nos dias de hoje podemos observar o mesmo retrato. E cada dia esse retrato se torna mais sombrio, pois o afastamento da humanidade das ordenanças e das leis divinas, produzem esse caos que vive o mundo. 

São lares que se destroem pela falta do diálogo, do respeito, do amor, são guerras entre povos, levadas por fanatismos ideológicos e religiosos, são acidentes dizimando centenas de pessoas, é a ganância, a cobiça, o consumismo desequilibrado, as drogas aumentando a cada dia seus incautos consumidores. Tudo porque o homem não consegue entender o que DEUS nos reservou de melhor, não consegue entender que a obediência a lei do amor (amai-vos uns aos outros) é sinônimo de paz, de saúde, de prosperidade, de felicidade.

O homem não consegue ouvir a DEUS quando ELE se frustra e pergunta: Quando iremos obedecê-lo. O homem não consegue entender que DEUS, como Pai Amoroso que é, está sempre atento aos nossos questionamentos. ELE é paciente, persistente, misericordioso e bondoso, ele conhece todas as nossas imperfeições. Mas há momentos que nossos questionamentos já não são simples perguntas, são uma maneira de nos escondermos do risco e do perigo da desobediência. Há momentos que precisamos silenciar nossas justificativas ou temores e simplesmente obedecer. A hora é agora, ou poderemos amargar uma longa jornada pelo deserto e, quem sabe, sem chegar à Terra Prometida. DEUS nos ama, obedecê-lo só nos trará bênção.

Uma pequena mensagem de Deus para o seu coração.

Por Reverendo Darci Borba

1.ª Igreja do Evangelho Quadrangular

Rua Maneco Viana, 418 – Raia – Paranaguá

www.quadrangularparanagua.com.br

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.