conecte-se conosco

Esportes

Atletas destacam os benefícios da prática esportiva

Número de mulheres cresceu significativamente nos últimos anos no esporte

Publicado

em

A prática do Jiu-Jítsu vem ganhando cada vez mais popularidade. Tanto para manter a boa forma como também para saber se defender, a modalidade vem conquistando as mulheres. Quem afirma é o professor e atleta Bruno Pires, da academia RibeiroJJ/BPJJ em Paranaguá. 

Faixa Preta há 11 anos e campeão mundial 2017 pela IBJJF, em Las Vegas, ele destaca que o Jiu-Jítsu é uma arte marcial que tem sido levada a todos os lugares. Bruno ressalta, ainda, que cabe a eles, profissionais, professores, instrutores e praticantes, mostrar através das atitudes individuais e coletivas que o Jiu-Jítsu é uma arte marcial com filosofia de vida.

 
“Tenho muito orgulho de todas as minhas turmas e dos meus alunos, e de poder dizer que hoje são meus grandes amigos. Procuro sempre incentivá-los a competir, a vencer seus medos e ansiedades, buscando também o autoconhecimento, a autoavaliação, mostrando que a vitória é apenas o resultado do que fazemos dentro da academia. Costumo dizer que no Jiu-Jítsu, ou você ganha, ou você aprende, mas se deve dar o seu máximo o tempo todo para que se possa chegar à vitória. Não é à toa que temos tido excelentes resultados frente a grandes escolas e academias do Paraná e de todo o Brasil”, aponta.

JIU-JÍTSU PARA  MULHERES

Professor Bruno com a aluna Amanda, a qual treina há tres anos.

Amanda Caetano treina Jiu-Jítsu há pouco mais de três anos, faixa azul, 27 anos, pedagoga e professora auxiliar da turma infantil na mesma academia. Ela ressalta que a primeira visão de quando se fala no esporte é a imagem masculina. “Sempre ouvimos que luta é coisa de homem, porém a mulher mostra toda sua capacidade e força nesta prática. São vários os benefícios do Jiu-Jítsu para mulheres, sendo eles o aumento da autoestima, confiança, diminuição do estresse, melhora nos reflexos, na respiração e definição do corpo”, aponta.

Para Daisielly Lopes, que é faixa azul, a prática do esporte lhe trouxe muitos benefícios. “Sempre admirei a arte, mas só tive a oportunidade de começar a treinar em 2015, um mês após eu levar meu sobrinho. Todos os dias na academia treino com homens e mulheres, eles me respeitam e me ensinam, sabem que não é por eu ser mulher que não posso fazer como eles. Aprendi com o Jiu-Jítsu e com meus amigos e amigas de treino, muito mais que a defesa pessoal ou romper um ligamento do ombro, mas respeitar, ter disciplina e aprender como se fosse para ensinar”, destacou. 

Karina Souza, faixa branca, começou a treinar em 2017 com incentivo do namorado. “Confesso que não era muito fã do esporte por achar que só era para homens. Quando fui assistir ao treino do meu namorado e vi meninas treinando me deu uma enorme vontade de fazer parte da equipe. No mesmo dia comprei meu quimono e logo comecei a treinar. No início foi bem difícil me habituar, pois eu treinava em um horário que só havia homens, e foi muito ao contrário do que pensei, eles me acolheram e me incentivaram muito”, contou. 

Para Evelyn Lins, faixa branca, o Jiu-Jítsu se tornou um estilo de vida. “Comecei a praticar Jiu-Jítsu em 2016, minha paixão pelo esporte me levou à primeira competição em 2017. Primeiro campeonato, a adrenalina e o medo tomavam conta de mim, única certeza que tive no momento é que era a isso que dedicaria a minha vida. O Jiu-Jítsu se tornou meu estilo de vida”, destaca.
 

 Bruno é responsável pela academia e destaca que o incentivo é fundamental

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.