conecte-se conosco

Esportes

Atleta de 10 anos é convocado para avaliações no Santos FC

Welington Maik é um dos atletas mais jovem do Leões do Futuro Sespor, e despertar interesse de grandes clubes brasileiros. Os professores do projeto veem no atleta um futuro promissor.

Publicado

em

Welington Maik tem apenas 10 anos, mas já vem chamando a atenção nas categorias de base do Leões do Futuro Sespor. Baianinho, como é chamado gentilmente pelos amigos, demonstra muita qualidade e ousadia com a bola nos pés. Não é apenas o Leões do Futuro que sabe do seu talento. Baianinho será apresentado na segunda-feira, 18, ao Santos FC na Vila Belmiro.

Professor Tuca conta que tudo começou, quando seu irmão Mayann, atleta da categoria sub-15, trouxe o garoto para ser apresentado aos professores do Leões. “Ele chegou com o irmão que me procurou e solicitou a oportunidade. Eu coloquei no treinamento e gostei muito. Comentei com o professor Lubumba, agora o próximo passo é a gente trabalhar ele aqui no projeto. Já tínhamos a categoria dele, na época era o sub-11. Coincidentemente, eu era o treinador da categoria. Ele fez a avaliação e foi muito acima dos meninos. Ele chegou para o sub-11, mas já começou a treinar com o sub-13. Ele começou a se desenvolver demais e a aparecer muito”, afirmou Tuca, destacando que foi na Copa Palmital, em São Paulo, que ele se destacou, mesmo jogando na categoria Sub-13. “Diversos observadores técnicos fizeram contato mostrando interesse no atleta, mas devido ao excelente trabalho na categoria de base do Santos, optamos a levar o atleta para sua 1.ª avaliação técnica”, completa.

“O menino é muito acima da média, e falo isso, pois, já estou há 40 anos no futebol. Dos que passaram por mim, esse menino é um dos mais diferentes. Ele é um menino com um potencial de ser um futuro jogador profissional de nível”, confessou o professor Lubumba.

O coordenador geral do projeto Leões do Futuro, Marcio Queiroz, enfatiza que a vontade dele ser jogador chama a atenção. “Por ele ser oriundo de família humilde, a realização deste sonho poderá transformar a vida de sua família e ainda servirá de exemplo para outros atletas do projeto. O Baianinho tem demonstrado uma maturidade, uma intenção de alcançar o profissionalismo já com uma idade muito nova. Tem toda a atenção dos professores do projeto e, certamente, vai ser traçado um plano de desenvolvimento diferenciado, dependendo da necessidade dele, caso seja aprovado pelo Santos. Estamos torcendo para sua aprovação, mas a família é quem tem a maior decisão. Queremos que estejam felizes, independentemente de onde”, afirma Marcio Queiroz.

 

 

Continuar lendo
Publicidade