Logotipo

Paraná homenageia escolas com melhores notas no Ideb

30 de janeiro de 2019

Ratinho Júnior afirma que o Paraná pode ser o Estado mais moderno do Brasil e que isso depende também da educação

Compartilhe

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior participou na terça-feira, 29, da homenagem do Governo do Paraná às escolas estaduais que alcançaram as melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em 2017. Ratinho Júnior afirmou que o Paraná pode ser o Estado mais moderno do Brasil e que isso depende, também, do bom desempenho da educação.

Ele afirmou que o avanço no Ideb retrata a melhoria do ensino e aprendizagem, tem repercussão na comunidade e impacta, inclusive, no desenvolvimento econômico e social do Estado. O crescimento do Paraná e do Brasil, afirmou, está ligado ao desempenho da educação.  Em todo o Estado, 106 escolas foram homenageadas pelo desempenho no Ideb. Neste encontro em Curitiba foram 45.

A entrega das placas aconteceu durante a abertura da terceira etapa do Seminário Aprendizagem em Foco 2019, promovido pela Secretaria de Estado da Educação. As escolas homenageadas pertencem a 15 Núcleos Regionais da Educação. Foram destacadas as melhores nas categorias Ensino Fundamental e Ensino Médio e as que apresentaram maior avanço no índice.

PLANEJAR

Para o secretário de Estado da Educação, Renato Feder, é preciso conhecer o patamar em que a educação do Paraná se encontra para, então, planejar onde deverá chegar. Para isso, o Governo do Paraná vai criar uma prova diagnóstico, com a intenção de avaliar o desenvolvimento educacional.

“É uma avaliação da escola, para que o diretor e o quadro de pedagogos possam saber o que os estudantes estão aprendendo e quais são as dificuldades”, explicou Feder. Em março, as escolas do Paraná devem receber as primeiras avaliações. A partir disso, os professores terão uma visão geral sobre quais habilidades a escola deve focar.

MELHORAR CONDIÇÕES

O governador Ratinho Júnior também ressaltou projetos que estão sendo estruturados pelo Governo do Estado e que devem ajudar a melhorar as condições de aprendizagem.

“Vamos começar oferecendo segurança pública para as escolas. Em fevereiro, lançaremos o projeto Escola Segura, trazendo policiais da reserva da Polícia Militar para ficar na porta das unidades. Os profissionais vão nos ajudar a cuidar dos alunos e também dos professores”, explicou o governador.

Ratinho Júnior mencionou outras duas medidas que estão em fase de implementação: o de reforço na alimentação dos estudantes e o de intercâmbio de professores e alunos, que dará oportunidade para conhecerem outros países.

PRESENÇAS

Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Guto Silva; os deputados estaduais Hussein Bakri, Claudio Palozi, Alexandre Amaro e Elcio Jaime; o diretor da Fundepar, José Maria Ferreira; o chefe de gabinete do governador, Daniel Rocha; e a diretora-presidente do Teatro Guaíra, Mônica Rischbieter.

 


Colunistas