conecte-se conosco

Educação

Historia: leitura é imprescindível para alcançar um bom resultado

Conflitos mundiais podem servir de base para questões

Publicado

em

Uma das disciplinas que exigem mais leitura é Historia. Apesar que na prova do Enem, os professores afirmam que o hábito da leitura é fundamental para todas as questões. Isso porque a prova do Enem é interpretativa e quer saber dos estudantes, além do conteúdo aprendido em sala de aula, a capacidade que possuem de entender os textos.

A professora de Historia, Valéria Alves Serafim Tramujas, que está há 20 anos na profissão, contou que os alunos têm mais dificuldade em contextualizar as questões. “A prova do Enem é diferente dos vestibulares porque sempre traz assuntos atuais. O vestibular é mais direcionado. A dificuldade existe porque a maior parte não lê”, disse. “Às vezes, a pergunta é um texto e, se souber interpretar, já consegue responder analisando as alternativas”, explicou Valéria.

O assunto mais abordado nas questões do Enem na área de história, segundo a professora, é relacionado a acontecimentos políticos. “Em todas as provas costuma cair História do Brasil, a fase do Império, além de sempre ter alguma coisa sobre Revolução Francesa. No ano passado, nos surpreendeu porque caiu a interpretação de um poema medieval, assunto que já não caía mais. O que sai na mídia e nos jornais hoje também certamente irá cair relacionado com o passado”, indicou Valéria.

 

FOCO E PESQUISA

O maior aliado do estudante que vai fazer a prova é o portal Hora do Enem. “Assim como no portal dia a dia educação e outros sites. O aluno precisa estudar, ler bastante, fazer simulados e programar um horário. Se destinar uma hora de estudo, mas naquela hora realmente se propuser e se dedicar, é muito mais vantajoso que ficar horas, se cansar e não ter um objetivo”, orientou a professora sobre a importância do foco durante os estudos.

Pesquisar sobre os conflitos mundiais como a Guerra na Síria e todas as decorrências desse fato pode ajudar os alunos a chegar ao seu objetivo. “A historia mundial tem muitos elementos, a questão da intolerância, do terrorismo, guerras, conflitos mundiais atuais. A questão da Palestina e da Síria certamente irá cair. É preciso olhar bem essa parte dos refugiados, do fundamentalismo religioso, é bem provável encontrarmos na prova”, ressaltou a professora Valéria.

Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress