conecte-se conosco

Trânsito

Operação Safra reforça segurança nas rodovias e atendimento aos caminhoneiros

Objetivo é observar as condições de trabalho e saúde dos motoristas

Publicado

em

A ideia é diminuir e prevenir acidentes, além de fiscalizar condições mecânicas dos veículos / Fotos: Anderson Martins/SESP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública lançou na quinta-feira, 21, a nova fase da Operação Safra. É uma ação de fiscalização e promoção de atendimento a motoristas feita pelas forças estaduais e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A operação também conta com o apoio das polícias Civil, Militar, Científica e Penal, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria da Saúde, Defesa Civil, Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) e Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). 

O objetivo principal é observar as condições de trabalho e saúde dos motoristas e ajudantes de cargas que trabalham levando a produção do campo até o porto, além de promover orientações. A ideia é diminuir e prevenir acidentes, além de fiscalizar condições mecânicas dos veículos.

Neste mês de março, as ações serão executadas em dois pontos: São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e Cascavel, na região Oeste. Os órgãos vão atuar de forma integrada nestes pontos.

“É o segundo ano que nós fazemos essa operação, que foi um sucesso no ano passado. A preocupação é com os usuários e os profissionais que transportam cargas nas rodovias”, explicou o diretor de Políticas Públicas da Secretaria da Segurança Pública, coronel Saulo de Tarso Sanson Silva.

Pela PRF, o principal objetivo é a prevenção e redução de acidentes nas rodovias federais.

Objetivo principal é observar as condições de trabalho e saúde dos motoristas e ajudantes de cargas que trabalham levando a produção do campo até o porto / Fotos: Anderson Martins/SESP

“É importante que a safra seja escoada até o Porto de Paranaguá de maneira segura e eficiente. Estamos com postos em São José Pinhais e Cascavel, que é como se fosse o começo e o fim da viagem. Vamos fomentar ações preventivas, garantindo a segurança da população”, afirmou Sérgio Augusto de Carvalho, superintendente executivo da PRF no Paraná.

A Secretaria de Estado da Saúde vai promover ações nos dois pontos. Serão ofertadas vacinas como hepatite B, tétano e febre amarela, e testes rápidos para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), hepatites B e C e Sífilis. Também haverá aferição de pressão arterial e glicemia capilar, distribuição de preservativos masculinos e femininos, além de materiais impressos com dicas para combate à dengue e orientações sobre alimentação saudável, tabagismo e alcoolismo.

O Detran-PR atuará na área de educação no trânsito, além da identificação de possíveis problemas mecânicos e sinalização dos caminhões. O DER-PR vai reforçar o trabalho das balanças veiculares nas rodovias estaduais para diminuir danos causados por veículos com excesso de carga. Essas estradas também receberão reforço da Polícia Militar Rodoviária Estadual. Já a Adapar, que atua na garantia das condições sanitárias do Estado, vai aumentar a fiscalização sobre a movimentação de grãos.

Fotos: Anderson Martins/SESP

PRESENÇAS

Participaram do lançamento o secretário da Saúde, Beto Preto; o coordenador estadual da Defesa Civil do Paraná, coronel Fernando Raimundo Schunig; o chefe do Escritório Regional de Fiscalização da ANTT, Adailton Machado; a chefe de Divisão do Setor de Prevenção e Controle de Doenças Crônicas e Tabagismo da Diretoria de Atenção e Saúde da Sesa, Rejane Cristina Teixeira Tabuti; e representantes das forças de segurança: Rodrigo Brown (Polícia Civil), major Alexandre Zem (Corpo de Bombeiros Militar), coronel Darany Luiz Alves de Oliveira (Polícia Militar, João Paulo Schlemper (Polícia Penal) e Ciro Pimenta (Polícia Científica).

Fonte: AEN

Publicidade






Em alta