conecte-se conosco

Segurança

Heróis: Equipe do SAMU Litoral fala sobre o atendimento à menina que se afogou, em Paranaguá

Publicado

em

Equipe do SAMU Litoral que prestou o atendimento a menina no dia 28 de dezembro. Foto: Maickon Chemure

Uma história de afogamento com final feliz ocorreu recentemente na cidade de Paranaguá, destacando a habilidade e dedicação da equipe de socorristas do SAMU Litoral. O incidente envolveu a menina Mylena Vitória, de 7 anos, que foi levada inconsciente pelos pais até a base da equipe, na noite do dia 28 de dezembro do ano passado, após um afogamento no bairro Jardim Guaraituba.

Edilaine Gonçalves, uma das profissionais que esteve presente no momento do atendimento, relatou o desafio emocional, especialmente por se tratar de uma criança. “Adrenalina a mil”, descreveu, ressaltando a complexidade e a importância do atendimento rápido e eficaz.

Edilaine Gonçalves relatou o desafio emocional

O socorrista Thiago Mendes, também da coordenação da ambulância, descreveu a situação imprevisível que enfrentaram. Um chamado inicial para o afogamento foi cancelado, mas Thiago, intuitivamente, preparou-se para o atendimento, antecipando que a família poderia procurar ajuda diretamente na base. Sua previsão estava correta, e a equipe agiu prontamente ao receber a criança em estado crítico.

O socorrista Thiago carregou a menina nos braços até a ambulância

A menina havia ingerido muita água e estava em situação delicada. A equipe realizou procedimentos de emergência, incluindo a intubação para garantir a via aérea da criança.

“Cada vez que ventilávamos, muita água saía pela boca e pelo nariz”, compartilhou Thiago, que carregou a menina nos braços até a ambulância.

Após um trabalho árduo e coordenado, a equipe conseguiu estabilizar a menina e encaminhá-la ao hospital com grau 4 de afogamento. Dias depois, receberam a notícia de que ela havia recebido alta, um resultado extremamente gratificante para todos os envolvidos. “Ver que o nosso trabalho aqui reflete lá na frente é muito gratificante”, afirmou Thiago, celebrando o sucesso da operação e a alta da criança.

A médica Michella Przybycien, responsável pelo atendimento, falou “que a criança se encontrava com rebaixamento do nível de consciência, onde foram feitos os protocolos de urgência e emergência pré-estabelecidos”.

Médica Michella Przybycien ficou muito ao saber que a menina recebeu alta

“Foi muito emocionante, sou grata a Deus pela oportunidade, juntamente a equipe de plantão em poder fazer a diferença na vida dessa criança”, disse a profissional após receber a notícia da alta, da Mylena no Hospital das Clínicas em Curitiba.

Michella ainda destaca que as crianças “não devem entrar na água, seja piscina, mar, rios, lagos ou cachoeiras sem supervisão de um adulto, mesmo que saibam nadar”. “O melhor remédio para afogamentos é a prevenção”, destaca.

Mylena recebeu alta na tarde de ontem, 2, e agora seus pais aguardam sua melhora por completo para retornar para Paranaguá.

EQUIPE PRESENTE NO ATENDIMENTO

  • Médica: Michella Przybycien
  • Técnicas em enfermagem: Keli Andressa, Adriele, Jéssica, Cristiane e Priscila Aguiar
  • Socorrista e condutor: Thiago Mendes e Valmor
  • Enfermeiros: Fernando e Gislaine
  • Rádio Operadora: Edilaine Gonçalves
Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress