conecte-se conosco

Segurança

Batalhão de Operações Aéreas da PM realizou 683 missões nos primeiros cinco meses do ano

Número representa aumento de 14,4% em relação ao mesmo período de 2022

Publicado

em

Fotos: BPMOA

O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), unidade especializada da Polícia Militar do Paraná, realizou 683 operações em todo o Estado de janeiro a maio de 2023. O número representa um aumento de 14,4% em relação ao mesmo período de 2022, com 597 ações.

Do total, 324 foram missões em operações programadas, ocorrências policiais, busca a veículos e suspeitos, apoio às ações de fiscalização contra desmatamento do Batalhão de Polícia Ambiental e Instituto Água e Terra (IAT), além do transporte de tropas da PMPR. O número é 39% maior do que o registrado no mesmo período de 2022, quando houve 232 ações com estas finalidades.

Também houve 316 voos de resgate, remoções aeromédicas e transporte de órgãos em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Neste caso, o aumento foi de 2,2% em relação ao mesmo período do ano passado (309).

De janeiro a maio de 2023, o BPMOA também auxiliou o Corpo de Bombeiros Militar em 43 missões de busca aquática ou terrestre, combate a incêndios, ações da Defesa Civil, salvamentos e transporte de bombeiros e materiais para missões especiais. No ano passado foram 56.

Nos cinco primeiros meses de 2023, o BPMOA também socorreu 346 vítimas – todas foram atendidas pela equipe médica no local da ocorrência e 305 delas necessitaram de transporte para hospitais.

“Nós auxiliamos as demais forças de segurança, dando mais agilidade no atendimento das ocorrências e no socorro médico para as vítimas que necessitam de remoção. Além disso, contamos com drones e demais tecnologias que possibilitam a fiscalização de áreas em que as aeronaves tripuladas não conseguiriam alcançar. Ganham as forças de segurança e ganha a população paranaense”, destacou o comandante em atividade do BPMOA, major Marcio Valim de Souza.

EXEMPLOS

A cobertura do BPMOA impacta todo o Estado. Neste mês de maio, uma montanhista de aproximadamente 55 anos foi resgatada por um helicóptero do do batalhão após sofrer uma queda ao percorrer a trilha do Morro do Canal em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. No começo do ano, as equipes transportaram uma gestante de 23 anos da Unidade Básica da Ilha do Mel para o Hospital Regional do Litoral.

Outro exemplo foi o auxílio no controle de desmatamento na região dos Campos Gerais. Foram duas sessões de sobrevoo, de quatro horas cada uma, por 11 municípios da região durante a ação de fiscalização, nos dias 25 e 26 de abril. No total, foram lavrados 100 autos de infração, que resultaram em R$ 3,66 milhões em multas. A retirada da cobertura vegetal já tinha atingido o tamanho de 462 campos de futebol.

BPMOA

Sediado no Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba, e com bases descentralizadas nas regiões Norte (Londrina) e no Litoral (Matinhos) – durante a temporada de verão –, o BPMOA opera uma frota de 13 aeronaves (nove helicópteros e três aviões). São aeronaves próprias e locadas, em conjunto com as Secretarias de Estado da Segurança Pública, Saúde e Desenvolvimento Sustentável, por meio de convênios, proporcionando agilidade e segurança, onde e quando necessário, levando a PMPR a cumprir um serviço de excelência junto ao suporte aéreo.

Fonte: AEN

Em alta