Connect with us

Religiosidade

Igrejas adotam medidas para a realização de eventos presenciais

Missas e cultos podem ser realizados com público aos fins de semana

Publicado

em

O decreto municipal n.º 2.112, publicado pela Prefeitura de Paranaguá na semana passada, flexibilizou a realização de eventos religiosos com a presença de público às sextas-feiras, sábados e domingos. No último fim de semana, algumas igrejas já começaram a receber os fiéis, seguindo medidas de segurança contidas no decreto.

O Santuário de Nossa Senhora do Rocio, no domingo, 9, recebeu o público para as celebrações realizadas em cinco horários distintos para evitar aglomerações (às 9h, 11h, 15h, 17h e 19h). No sábado, 8, o terço e a missa foram realizados somente de forma on-line. 

O missionário redentorista e reitor do Santuário de Nossa Senhora do Rocio, padre Dirson Gonçalves, informou que a Adoração ao Santíssimo, comumente realizada todas as quintas-feiras e que estava suspensa a participação presencial devido à pandemia, será realizada às sextas-feiras, às 18h e 20h.

A Paróquia de Nossa Senhora do Santíssimo Rosário também seguirá as normas estipuladas pela prefeitura para voltar a receber os fiéis para celebrações presenciais. A partir do dia 14 de agosto, a Catedral retorna com missa presencial na sexta-feira e no sábado, às 19h, e no domingo às 7h, 10h e 19h.

A Catedral receberá apenas 100 pessoas, sendo que crianças menores de 12 anos e idosos com mais de 60 anos não devem retornar às atividades. A Pastoral da Comunicação da Catedral Diocesana de Paranaguá informou que para participar da celebração será necessário fazer um agendamento pelo telefone (41) 3432-2293 ou retirar uma senha na secretaria da igreja.

Além disso, após o agendamento, os fiéis deverão sentar-se apenas nos lugares marcados, respeitando o distanciamento; levar água, pois não haverá acesso ao bebedouro; haverá álcool em gel em vários lugares da igreja; além de ser obrigatório o uso de máscara facial.

As atividades presenciais retornam também na comunidade de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Costeira), no sábado, às 17h; e na comunidade Santo Antônio (Gregório), no domingo, às 8h30.

Já a Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, na Ilha dos Valadares, comunicou que, por enquanto, não haverá celebrações presenciais. No entanto, as Adorações ao Santíssimo, que têm sido realizadas de forma on-line, permanecem diariamente, a partir das 20h. O público pode acompanhar pela página da Paróquia no Facebook (https://www.facebook.com/paroquia.dosnavegantes.7).

Igrejas Evangélicas

Em comunicado oficial, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em Paranaguá, por intermédio do seu presidente, pastor Reginaldo dos Santos Alves, informou que, desde sexta-feira, têm realizado cultos presenciais, retornando todas as nossas atividades eclesiásticas com atenção para as normas de segurança.

“Os cultos serão realizados, presencialmente, de sexta-feira a domingo. De segunda à quinta-feira de forma on-line, obedecendo a todas as determinações do Decreto Municipal n.º 2.121”, comunicou o pastor Reginaldo Alves.

Desta forma, os horários de culto presencial serão às sextas-feiras, às 20h; sábados, às 19h30; e domingos, às 19h.

A Primeira Igreja Batista de Paranaguá (PIB) decidiu não retomar os eventos presenciais e informou que a previsão é voltar no mês de setembro, mas destacaram que estão com toda a estrutura pronta para receber o público. As transmissões on-line da Igreja Batista acontecem às quintas-feiras, às 19h30; e aos domingos às 10h30 e 19:30.

Pela internet (https://www.facebook.com/pibdeparanagua), a igreja realiza o programa Em Casa, às terças e quintas-feiras, às 14h30. Os grupos musicais também continuam o trabalho, fazendo músicas de suas casas.

Regras

O último decreto publicado pela prefeitura traz algumas recomendações que as igrejas devem seguir para a realização de missas e cultos presenciais. Entre elas, seguir a orientação de lotação máxima de 30% da capacidade do local, mantendo-se o distanciamento mínimo de dois metros entre cada pessoa; uso obrigatório de máscaras; disponibilização de álcool em gel para todos; higienização com álcool 70% após saída de cada pessoa, cadeiras, mesas, bancadas, maçanetas, corrimões, etc.; higienização de banheiros e lixeiras existentes, disponibilizando papel toalha, sabonetes líquidos e álcool em gel 70%; e manter os ambientes arejados.