conecte-se conosco

Polícia

Receita Federal realiza nova apreensão de cocaína no Terminal de Contêineres de Paranaguá; 12 quilos da droga foram apreendidos

Droga estava em um contêiner com uma carga de frango congelado que tinha como destino final a Arábia Saudita

Publicado

em

A Receita Federal apreendeu na manhã desta terça-feira, 9, no Terminal de Contêineres do Porto de Paranaguá, 12 quilos de cocaína.

Os tabletes do entorpecente foram encontrados em um contêiner refrigerado, carregado com frango congelado, que seria descarregado no Porto de Las Palmas, na Espanha, e o destino final seria o Porto de Zadur Durban, na África do Sul.

RIP-ON/RIP-OFF

O método utilizado pelos traficantes internacionais, para colocar a droga no interior da estrutura, é conhecido como rip-on / rip-off. O procedimento criminoso é realizado sem o conhecimento do exportador.

Os agentes federais encontraram dois localizadores colados nos tabletes. O equipamento é usado para encontrar a carga ilícita no porto de destino. Ninguém foi preso.

Foi a segunda apreensão realizada pela Receita Federal em Paranaguá nos últimos quatro dias. Na última sexta-feira, 5, foram encontrados 22 quilos de cocaína. A droga também estava em um contêiner refrigerado.

O trabalho de fiscalização segue um protocolo de gerenciamento de risco e conta com a utilização de um scanner.

9.ª APREENSÃO

Em 2023, o órgão federal de fiscalização aduaneira realizou nove apreensões de cocaína no complexo portuário paranaense. Ao todo, foram apreendidos mais de 250 quilos do entorpecente.

A droga apreendida é encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal, que segue com as investigações.

As informações sobre o caso são repassadas para autoridades policiais e administrações aduaneiras estrangeiras visando impulsionar o combate ao tráfico de drogas internacional.

Publicidade






Em alta