conecte-se conosco

Polícia

Receita Federal realiza a primeira apreensão de cocaína de 2022 em Paranaguá

A droga estava escondida dentro de um contêiner carregado com compensados de madeira

Publicado

em

Fotos: Receita Federal do Brasil

Agentes da Receita Federal, que atuam na Alfândega do Porto de Paranaguá, realizaram na tarde desta sexta-feira, 7, a primeira apreensão de cocaína de 2022.

A droga estava escondida dentro de um contêiner carregado com compensados de madeira. A estrutura seria enviada para a Alemanha.

Ao todo, foram apreendidos 57 quilos do entorpecente.

Ninguém foi preso.

BOLSAS

Três bolsas, com tabletes de cocaína, foram encontradas pelos servidores da Receita Federal durante o procedimento de fiscalização e monitoramento de cargas, realizado no Terminal de Contêineres do Porto.

A Receita Federal utiliza equipamentos de imagem conhecidos como scanners, o que possibilita a verificação mais ágil das estruturas transportadas dentro do pátio.

As bolsas são colocadas no interior do contêiner sem o conhecimento do dono da carga. O método utilizado pelos traficantes internacionais de drogas é conhecido como RIP-ON/RIP-OFF.

2021

Em 2021, o órgão federal de fiscalização impediu o envio de aproximadamente 4,4 toneladas de cocaína para o exterior.

Foram realizadas 23 operações no complexo portuário de Paranaguá.

A droga apreendida é encaminhada para a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, que segue com as investigações.

Com informações e fotos da RFB

Continuar lendo
Publicidade