conecte-se conosco

Polícia

PRF faz nova apreensão de maconha e atinge a marca de 100 toneladas apreendidas no Paraná

O caminhão bitrem, com mais de 10 toneladas de maconha, foi abordado pela PRF na BR-227, em Irati. O motorista de 44 anos foi preso. Ele pegou o veículo na região de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul

Publicado

em

Policiais rodoviários federais apreenderam na manhã de domingo, 30, por volta das 9h30, durante uma ação rotineira de fiscalização, realizada na BR-227, em Irati, um caminhão bitrem, com mais de 10 toneladas de maconha. O veículo estava vindo da região de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Durante a verificação dos equipamentos, os policiais verificaram que o registro de velocidade (tacógrafo) estava sem os discos, também foi constatada a falta do estepe e ausência de um pneu.

Quando acessaram o compartimento de carga para conferência das notas fiscais apresentadas, os agentes da PRF perceberam que havia um tipo de material sólido por baixo de uma camada superficial de milho.

Vencendo a camada de milho, os policiais encontraram diversos fardos de maconha.

O motorista, de 44 anos e residente em Passo Fundo (RS), informou desconhecer que transportava a droga e que havia retirado o caminhão de uma fazenda em Ponta Porã, com destino a uma fábrica de ração em Arroio do Meio (RS).

O bitrem, com placas de Novo Mundo (MS) foi levado até um local próprio da concessionária de rodovias, onde a carga de milho foi retirada e, em seguida, realizada a pesagem da droga, que totalizou 10.387 quilos.

O motorista foi preso e conduzido até a Polícia Civil de Irati para o registro do crime de tráfico de drogas, que tem uma pena máxima de até 15 anos de prisão.

Toneladas

Com essa apreensão, a PRF no Paraná chega à marca histórica de 106 toneladas de maconha apreendidas em 2020, representando um prejuízo ao crime organizado da ordem de mais de R$ 100 milhões.  No ano de 2019, foram apreendidas 58 toneladas da droga.

Com informações e fotos da Agência PRF

Em alta