conecte-se conosco

Polícia

PM prende rapaz que matou o padrasto em Guaratuba

João Ribeiro Tavares, de 19 anos, acusado de matar o padrasto com várias facadas, foi preso por policiais militares em Guaratuba

Publicado

em

João Ribeiro Tavares, de 19 anos, acusado de matar o padrasto com várias facadas, crime ocorrido na madrugada do sábado, 4, dentro de uma casa, no bairro Piçarras, em Guaratuba, foi preso por policiais militares, na tarde de domingo, 5.

O rapaz estava escondido em um imóvel, na Avenida Rocha Pombo, no bairro Mirim. Uma denúncia anônima levou equipes da corporação até o local onde a prisão aconteceu.

De acordo com a Polícia Militar, João Ribeiro confessou o crime e disse estar arrependido. Ele foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil, onde permanece a disposição da Justiça.

RELEMBRE O CASO

Eduardo Godert, de 47 anos, foi assassinado com várias facadas dentro de uma casa, no Balneário Piçarras, em Guaratuba, no começo da madrugada do sábado, 4.

O crime aconteceu na Avenida Rui Barbosa e foi presenciado pela companheira da vítima e mãe do autor, que também estava residência.

De acordo com a testemunha, um desentendimento entre padrasto e enteado foi o motivo para o brutal assassinato. A discussão teria ocorrido durante a semana.

A mulher, de 42 anos, disse ainda que dormia com o companheiro no quarto da residência, quando o filho arrombou uma porta do imóvel e com uma faca nas mãos entrou no cômodo onde o casal estava.

Desesperada, ela tentou convencer o filho a sair da casa, mas foi ameaçada. Transtornado, o rapaz teria dito que caso a mãe não saísse da sua frente “quem morreria era ela”.

Após esfaquear o padrasto, João Ribeiro Tavares fugiu do local.