conecte-se conosco

Polícia

Foragido da Justiça é capturado em ação da Polícia Civil em Guaraqueçaba

José Roberto Ferlini, de 57 anos, conhecido como “Zé Surdo”, foi abordado na entrada de uma propriedade rural, na localidade Ipanema

Publicado

em

A Polícia Civil prendeu na tarde da segunda-feira, 23, em Guaraqueçaba, um homem, de 57 anos, condenado pela Justiça pelo crime de estupro. Contra o foragido haviam dois mandados de prisão em aberto. Os documentos foram expedidos pela 2.ª Vara Criminal de Londrina.

José Roberto Ferlini, de 57 anos, conhecido como “Zé Surdo”, foi abordado na entrada de uma propriedade rural, na localidade Ipanema.

Durante a identificação oficial, “Zé Surdo” apresentou documentos em nome de outra pessoa, porém, com a sua fotografia.

Os policiais realizaram uma nova pesquisa, junto ao sistema de informação da SESP – Secretaria Estadual da Segurança Pública, e constaram que a documentação apresentada em nome de José Natalino de Souza era falsa.

Seguindo com as diligências, os policiais civis foram até a casa onde o foragido estava morando e encontraram outros documentos falsificados em nome de José Natalino. Foram recolhidas uma carteira de identidade, uma carteira de vacinação, um cartão do SUS e uma carteira nacional de habilitação (CNH), emitida pelo estado de Santa Catarina.

Preso, José Roberto Ferlini foi encaminhado para a Delegacia de Antonina, onde ficou recolhido, no setor de carceragem, à disposição da Justiça.

A ação policial contou com equipes da Delegacia Cidadã de Matinhos e Policiais Civis de Antonina.

MATINHOS

José Roberto Ferlini vinha sendo investigado pela Polícia Civil de Matinhos, onde também teria aplicado alguns golpes.

Na cidade praiana, José Roberto era conhecido como “Pastor”. Ele foi proprietário de uma loja de carros, instalada na Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira.

CONDENADO

Condenado a 25 anos de prisão, pelo crime de estupro, José Roberto deve ser transferido para o sistema penitenciário.