Connect with us

Polícia

Engavetamento na BR-277 em São José dos Pinhais termina com 8 mortos e 22 feridos

A provável causa do engavetamento seria o intenso nevoeiro, aliado à fumaça gerada por uma queimada às margens da rodovia

Publicado

em

Engavetamento na BR-277 em São José dos Pinhais termina com 8 mortos e 22 feridos.
Um engavetamento registrado na noite de domingo, 2, por volta das 22h, na altura do KM 77, da BR-277, região de São José dos Pinhais, terminou com a morte de 8 pessoas e deixou outras 22 feridas. As vítimas foram encaminhadas por ambulâncias do Samu, do Corpo de Bombeiros e da concessionária Ecovia, para o Hospital Cajuru, Evangélico MacKenzie, Rocio e Trabalhador.


De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, 5 motocicletas, 15 carros de passeio, uma viatura da Polícia Militar e um caminhão se envolveram no acidente, registrado nas proximidades do viaduto da Avenida Ruy Barbosa.


A provável causa do engavetamento seria o intenso nevoeiro, aliado à fumaça gerada por uma queimada às margens da rodovia, o que dificultou a visibilidade dos motoristas que trafegavam pela região.


Alguns veículos teriam se envolvido em uma colisão e permaneceram parados sobre a via. Com isso, alguns ocupantes deixaram seus veículos e permaneceram na rodovia. Uma carreta, que não conseguiu frear, colidiu com os automóveis e atropelou as pessoas que estavam nas pistas. O motorista do caminhão parou no local e acionou o socorro.

VÍTIMAS
Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal e o Corpo de Bombeiros, 30 pessoas ficaram feridas. Sete morreram no local e uma mulher morreu no hospital. Outras 22 pessoas foram encaminhadas para encaminhadas para unidades hospitalares, sendo 16 com ferimentos leves, 5 com ferimentos moderados e uma em estado grave.
Equipes da Polícia Civil de São José dos Pinhais, Criminalística, IML – Instituto Médico Legal e Polícia Militar estiveram no local e realizaram todos os procedimentos para a condução das investigações, que vão apontar a causa do acidente. Testemunhas e moradores da região foram ouvidos pelos investigadores.


IML
Todos os corpos foram encaminhados para o IML – Instituto Médico Legal, onde devem passar por exames complementares.
Até o começo da manhã desta segunda-feira, 3, nenhum corpo havia sido identificado.
A rodovia foi totalmente liberada por volta das 4h40.

Fotos PRF.