conecte-se conosco

Polícia

Caminhoneiros são mantidos reféns no porta-malas de um carro em Paranaguá

Uma equipe da RPA, da Polícia Militar, foi abordada por um caminhoneiro, no pátio de um posto de combustíveis, na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, para registrar uma ocorrência de roubo e sequestro

Publicado

em

Um caminhoneiro, de 39 anos, morador em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, abordou uma equipe da RPA – Rádio Patrulha Auto, da Polícia Militar, na manhã deste sábado, 7, no pátio de um posto de combustíveis, na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, em Paranaguá, para registrar uma ocorrência de roubo e sequestro.

ABORDAGEM

O homem relatou que estava dormindo na cabine do veículo, estacionado em um posto de combustíveis na BR-277, na região de Morretes, quando foi surpreendido por criminosos armados.

Os suspeitos teriam quebrado uma das janelas do caminhão e acessado o interior da cabine.

Com uma arma de fogo apontada para a cabeça, o caminhoneiro foi obrigado a dirigir o veículo até a PR-407, rodovia que liga a BR-277 ao município de Pontal do Paraná, onde a carreta, carregada com aproximadamente 30 toneladas de soja, foi desconectada do cavalo mecânico.

Logo em seguida, ele foi colocado no porta-malas de um carro, cor branca, possivelmente um Fiat Palio, onde já estava outro motorista, sequestrado em Ponta Grossa.

Foto: Ilustrativa

De acordo com o caminhoneiro, o carro seguiu até a cidade de Ventania, onde ele e a outra vítima foram soltas. Os dois homens foram deixados em um matagal.

Ainda de acordo com o motorista, o cavalo mecânico teria sido abandonado na cidade de Campo Largo.

As vítimas acionaram a Polícia Rodoviária Federal, na região de Campo Largo, a Polícia Civil de Balsa Nova, e equipes da Polícia Militar de Ventania, mas os veículos não foram localizados.

Foto: Ilustrativa

Continuar lendo
Publicidade

Em alta