conecte-se conosco

Polícia

Caminhões carregados com óleo vegetal viram alvo de criminosos

Ao tentar abordar um dos caminhoneiros, os assaltantes atiraram duas vezes na direção da cabine. Um dos tiros atingiu a estrutura da porta

Publicado

em

As quadrilhas especializadas em roubo e furto de cargas agiram na madrugada desta quarta-feira, 5, em Paranaguá. Em duas ações distintas, os criminosos tentaram furtar caminhões tanques carregados com óleo vegetal.

TIROS

Ao tentar abordar um dos caminhoneiros, os assaltantes atiraram duas vezes na direção da cabine. Um dos tiros atingiu a estrutura da porta

A primeira ocorrência atendida pela Polícia Militar foi registrada por volta das 1h30, na Avenida Coronel Santa Rita, nas proximidades do bairro Rocio.

A corporação foi acionada pelo motorista de um caminhão tanque, que tinha acabado de ser abordado por dois assaltantes.

De acordo com o caminhoneiro, ele trafegava pela via quando os criminosos tentaram parar o veículo. Assustado, ele acelerou o caminhão e conseguiu fugir.

Armado, um dos suspeitos atirou duas vezes na direção da cabine. Os tiros atingiram a estrutura da porta e um dos para-choques dianteiros.

A dupla fugiu logo em seguida.

O caminhão levado pelos criminosos foi encontrado abandonado em uma estrada de chão, na cidade de Morretes

MORRETES

Por volta das 4h, policiais militares, que atuam na cidade de Morretes, encontraram durante um patrulhamento de rotina pela zona rural, um caminhão tanque parado em uma estrada de chão, na localidade conhecida como Rio do Pinto, na lateral da PR- 408, Rodovia Miguel Bufara, com as luzes acessas, as janelas abertas e o alarme acionado.

Ao comunicar a situação via rádio para o COPOM – Centro de Operações Policiais Militares, a equipe foi informada que o veículo havia sido roubado em Paranaguá.

O motorista, que procurou ajuda no posto da Polícia Rodoviária Federal, instalado no bairro Alexandra, relatou que foi abordado por três criminosos, perto do pátio da empresa onde descarregaria a carga de óleo vegetal que transportava.

Os policiais que atenderam a vítima acreditam que as duas abordagens criminosas aconteceram na mesma região.

Ao tentar acoplar um dos tanques em outro caminhão, a estrutura encalhou e foi abandonada pelos assaltantes, no KM 24, da BR-277

SUSPEITOS

Testemunhas contaram que os três assaltantes estavam em um Citroen C4, cor prata, e que um caminhão Iveco, cor branca, seguia o carro.

Rendido, o motorista foi obrigado a seguir com os criminosos até um ponto da BR-277, ainda na região de Paranaguá. O homem, de 56 anos, foi mantido refém em um matagal e liberado logo em seguida.

Os criminosos seguiram com o caminhão bi-trem pela rodovia e no KM 24 tentaram acoplar um dos tanques em outro veículo.

A estrutura acabou encalhando no local e o tanque foi abandonado pelos assaltantes.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar intensificaram as buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

plugins premium WordPress