Connect with us

Polícia

Cabeça humana é encontrada no meio de um matagal em Guaratuba

Cabeça encontrada por funcionários da prefeitura de Guaratuba estava jogada no meio de um matagal no bairro Castel Novo

Publicado

em

Cabeça humana é encontrada

Equipes da Polícia Militar foram acionadas no final da manhã de terça-feira, 29, por funcionários da prefeitura de Guaratuba que estavam no bairro Castel Novo. Os servidores municipais teriam encontrado uma cabeça humana jogada no meio de um matagal. 

Imediatamente, viaturas foram para o endereço indicado, no final da Rua Piquiri e constataram o fato. 

A área onde a cabeça foi encontrada ficou isolada até a chegada da Criminalística e do Instituto Médico Legal. 

A região, onde a cabeça estava jogada, fica próxima ao local onde um corpo decapitado foi encontrado na manhã da sexta-feira, 25. 

Relembre o caso

A Polícia Militar foi acionada no final da manhã de sexta-feira, 25, por moradores no bairro Castel Novo, em Guaratuba, para atender a uma ocorrência de achado de cadáver. O corpo de um homem, que foi decapitado, estava jogado no meio de um matagal, no final da Rua Piquiri. 

Além de ter a cabeça cortada, o corpo estava parcialmente queimado e apresentava perfurações na região do abdômen, possivelmente, provocadas por uma arma branca. Parte do braço esquerdo também foi cortada.

Nenhum documento de identificação foi encontrado perto do corpo. 

Tatuagem

A frase “Deus é mais”, tatuada no antebraço direito da vítima, pode ajudar na sua identificação. Até o começo da noite de sexta-feira, 25, nenhum familiar procurou o Instituto Médico Legal para reconhecer o corpo.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no local e começou a investigação.

IML

Tanto o corpo recolhido na sexta-feira, 25, quanto a cabeça encontrada na terça-feira, 29, permanecem recolhidos na sede do Instituto Médico Legal de Paranaguá. Exames complementares e a coleta de impressões digitais podem ajudar na identificação da vítima.